Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Copa do Mundo gera US$ 500 milhões para indústria têxtil de Bangladesh

 (© Arquivo)

(Arquivo) Fábrica de roupas nos arredores de Daca, Bangladesh

A indústria têxtil de Bangladesh teve pelo menos 500 milhões de dólares em pedidos de camisetas por parte de torcedores de equipes da Copa do Mundo do Brasil, indicaram nesta segunda-feira funcionários do setor.

Estes pedidos foram feitos apesar de uma série de graves incidentes que mancharam a imagem da indústria têxtil de Bangladesh, em particular o desabamento do edifício Rana Plaza em abril de 2013, que deixou ao menos 1.138 mortos.

A associação de fabricantes e exportadores de artigos têxteis de Bangladesh (BKMEA), que reúne 1.000 fabricantes de camisetas, principalmente, indica que as vendas subiram 14% neste ano, em grande parte graças aos produtos vinculados ao Mundial.

"Uma centena de fábricas tiveram pedidos de camisetas para os torcedores do Mundial. Não temos números exatos, mas devem representar entre 500 milhões e 1 bilhão de dólares", disse à AFP o presidente do BKMEA, Mohammad Hatem.

As exportações de roupas em Bangladesh - segundo fabricante mundial do setor, atrás da China - alcançam um recorde de 25 bilhões de dólares no exercício que termina este mês (3 bilhões a mais que há um ano).

A indústria têxtil é a principal atividade econômica do país, e gera 80% de suas receitas totais. Emprega 4 milhões de pessoas.

As fábricas de Bangladesh abastecem empresas como Puma e Adidas, e fabricam quase todas as camisetas dos torcedores das 32 equipes do Mundial, principalmente graças ao seu baixo custo

http://noticias.br.msn.com/economia/copa-do-mundo-gera-usdollar-500...

Exibições: 650

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Luiz Gustavo Moreira em 9 junho 2014 às 12:28

Este é o legado da COPA , eles levam os pedidos, nós sem emprego e com as contas para pagar.

Comentário de alfredo cardoso Neto em 9 junho 2014 às 12:20

E nos....sifo....

Comentário de Carlos Eduardo Vieira em 3 junho 2014 às 18:44

Eles têm "ABVTEX"? Ou seja , será que os grandes magazines, que sejam os brasileiros, estão preocupados com o controle trabalhista destas empresas, lá de fora, assim como estão a qui no Brasil, onde para se manter com tudo em ordem os custos são astronômicos?

Comentário de Luiz Gustavo Moreira em 3 junho 2014 às 12:29

E nós ficamos com a conta para pagar!!!

Caro Adalberto

Não se preocupe vem aí o ,decreto 8243 que vai nos " SALVAR" com as mudanças  teremos "voz " ativa e aí poderemos mudar

Comentário de adalberto oliveira martins filho em 3 junho 2014 às 2:56

o volume é muito grande!!! eu jamais uso qualquer produto importado.entretanto se vc tiver que tomar uma injeção, a seringa vem da china!!!é muito dependência de importações!!!  e assim cresce as importações, matando vagarosamente nossas empresas nacionais!! o governo alega que é para manter a inflação controlada...caramba eu nao aguento mais esta novela!!! destruir industrias é levar o enfraquecimento econômico ao caos total

adalberto

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço