Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Fifa libera venda de acarajé na Fonte Nova durante Copa do Mundo ( não é piada)

Fifa  libera venda de acarajé na Fonte Nova durante a Copa do Mundo


 Do UOL, em São Paulo

 

  • Divulgação

    Ícone da culinária baiana, o acarajé é um bolinho de feijão-fradinho recheado com camarão e vatapá

    Ícone da culinária baiana, o acarajé é um bolinho de feijão-fradinho recheado com camarão e vatapá

Um dos símbolos mais marcantes da culinária baiana está convidado oficialmente a fazer parte da Copa do Mundo de 2014. Após várias discussões, a venda de acarajés foi oficialmente liberada na Arena Fonte Nova, uma das sedes do campeonato mundial de futebol que acontece de 12 de junho a 13 de julho do ano que vem.

Inicialmente, seis baianas em trajes típicos irão trabalhar durante os jogos da Copa do Mundo -dependendo da demanda de cada partida. Elas ficarão em quatro pontos ao redor do estádio, fora das áreas de grande circulação e das catracas. A ideia é que os bolinhos sejam preparados em fritadeiras elétricas em uma área externa e depois dispostos em tabuleiros dentro da Arena para venda.

O acarajé com camarão custará em torno de R$ 8, enquanto o bolinho simples, sem o crustáceo, sairá por R$ 6. Na ruas de Salvador, o quitute é vendido em média por R$ 5 (sem camarão) e R$ 6 (com camarão).
Outros clássicos da comida de rua da cidade, como o bolinho de estudante (feito com tapioca), o abará (espécie de acarajé cozido na folha de bananeira) e a cocada também serão vendidos para os torcedores.

E as baianas prometem abrir os trabalhos de maneira bem típica: uma lavagem das escadas da Arena está prevista para o final deste mês.

Exibições: 139

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de EDISON BITTENCOURT em 28 outubro 2013 às 11:50

Veja a que ponto chegamos. E veja como era inocente  o mundo em 1958, 1962  , e até  mesmo  em  1970. Hoje a corrupção  começa  no dente-de-leite

Comentário de Catarina Argolo em 28 outubro 2013 às 10:13

É um absurdo que estejamos à mercê da vontade da Fifa para liberar a venda de um dos "patrimônios tombados" da nossa culinária e na nossa terra!!!...Tal tipo de situação só se assiste neste país!

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço