Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Goiás cresce pólo de confecções em Jeans- Verão 2012 com Carol Castro .

   A indústria de confecções em Goiás concentra-se em Goiânia e em alguns pólos municipais como Jaraguá, Trindade, Anápolis, Jataí, Rio Verde e Catalão. Destacam-se os Arranjos Produtivos Locais (APLs) do setor de confecções, de Goiânia e Jaraguá. Tratando-se de Centro-Oeste, destaca-se o estado de Goiás, como um dos principais pólos confeccionistas do Brasil. A moda goiana tem uma produção diversificada, que vem conquistando espaço no mercado nacional e começa a seduzir clientes no exterior. Produzindo mais de 5 milhões de peças por mês, o setor se divide entre os segmentos de modinha, moda feminina, moda praia, lingerie, moda infantil e jeanswear.

  Goiás conta com 4,6 mil confecções formais e mais 4 mil informais. Esse setor emprega no estado aproximadamente 100 mil pessoas, direta e indiretamente. O algodão produzido no estado vai se transformar em tecido em São Paulo, e volta para Goiás para entrar na confecção de vestuário. Apenas 10% da produção são vendidos nas lojas goianas; grande parte das roupas produzidas em Goiás é enviada para outros estados, principalmente os das regiões Norte, Nordeste

  Além de vender para outros estados, as confecções de Goiás exportam para países como Estados Unidos, Itália, França, Espanha, Rússia, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai e Kuwait. Entretanto, essas exportações não são constantes; para que haja mais investimento no comércio exterior, é necessário que o controle de qualidade dos produtos seja melhorado, além de dar mais atenção aos prazos de entrega. Para exportar é preciso que se mude de mentalidade e, para isso, foram criados diversos projetos que tem como finalidade criar uma cultura exportadora, que ofereça segurança para as empresas e para os clientes do mercado internacional. Esses projetos reúnem universidades, instituições financeiras, órgãos do governo, sindicatos, entre outros, e buscam estimular os confeccionistas goianos a investirem em exportação, aumentando a competitividade e auxiliando no desenvolvimento da economia do estado.

  Um destaque para esta materia um campanha jeans Goiano com a atriz Carol Castro,feita pela marca Set Jeans em Goiânia.

Exibições: 2025

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XI

Comentário de Lydian Mayra em 7 março 2012 às 17:59

E Goiás hoje tem boas  empresas que fazem valer sua competência e que estão continuamente em evolução, assim como todo o país.Obrigada pelo comentario.Um abraço.

Comentário de Julio Caetano H. B. C. em 1 março 2012 às 3:24

A ABTT já esteve inspecionando algumas empresas das citadas cidades, testemunhando um trabalho bastante sério e profíquo. A FCEM promove a cada 2 anos importante feira de máquinas e a ABTT participa com seu Seminário, ambos procurando disseminar o conhecimento no estado de Goiás e estados no entorno. Lastimo "pouco caso" das fábricas de tecidos e aviamentos nacionais. Lastimo que "algumas" empresas estavam usando etiquetas falsificadas para escoar sua produção, tendo um nível de qualidade bastante razoável para manter sua própria grife. Parabenizo as empresas que fazem valer sua competência e estão continuamente em evolução. Não é sem méritos que a Indústria de Confecção do Brasil é a 4ª no Mundo, e continue lutando bravamente para tornar-se a 3ª, i.o. cair para a 5ª. Parabéns.

Comentário de maria josina da silva em 29 fevereiro 2012 às 21:49

Nosso Goias esta de parabens em se destacar em coisa boas tambem, ainda mais se falando em vestuario. Eu particularmente sou apaixonada em jeans, lavagens modernas, modelagens fashion, modelos que valorizem a silhueta etc. Parabens meu Goias! 

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço