Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Carlos leitores,

Nunca trabalhei tanto em minha vida. Nem quando era analista de empresas em uma gestora de recursos, época em que chegava a ficar 12 horas ininterruptas no escritório. Lá, era movido pelo desejo de enriquecer. O que considero louvável, ao contrário dos hipócritas de esquerda, que condenam a ganância alheia enquanto só pensam em encher os próprios bolsos.

O que condeno é a ambição desmedida, como a de alguns banqueiros de investimento, conhecidos por estarem dispostos a vender a própria mãe para ficarem ainda mais ricos. Um desses, já bilionário, doou milhões para a campanha… de Dilma. Mas quem quer ganhar dinheiro com ética merece aplausos: são esses que produzem riqueza e empregos para o país.

Dito isso, reconheço que minha motivação agora foi maior e mais nobre. Trabalhei sem parar por algo em que acredito. Alguns me acusam de ser parcial, como se os jornalistas da imprensa fossem imparciais. Os mais “neutros” sempre têm lado, e invariavelmente é o errado, do governo. Apenas simulam isenção. Não sou jornalista, e sim economista, com um blog de opinião. E tenho partido! Não político, pois não sou filiado a nenhum. E sim o partido da verdade, da democracia, da liberdade.

Foi com base nisso, nesses valores e princípios, que trabalhei dia e noite para ajudar a tirar o PT do poder, a derrotar Dilma. O Brasil não merece mais quatro anos disso que está aí, dessa roubalheira toda, dessas mentiras, baixarias, dessa incompetência, dessa péssima gestão econômica, desse aparelhamento da máquina estatal, desse autoritarismo.

Movido apenas pela paixão pela liberdade e por sentimento patriótico – pois sempre seremos expatriados morando em outro país – fiz o melhor que pude, que estava ao meu alcance. Posso ter me excedido no tom alguns vezes, e peço desculpas por isso. Não é fácil aturar o que faz o lado de lá, pois não estamos lidando com gente que respeite o debate civilizado, a troca de ideias com foco nos argumentos, a própria democracia. Não tenho sangue de barata, e a própria Veja já me chamou de “trovão da razão” por isso.

Mas creio que o resultado foi positivo. Quem diz isso, na verdade, são vocês. Muitos chegaram ao blog recentemente, e a quantidade de visitas aumentou muito, comprovando isso. Até agora, foram 4 milhões de visualizações de página só em outubro, e o mês nem acabou ainda. É uma marca impressionante. Estamos numa média agora, nas vésperas da eleição, de quase 300 mil visitas diárias. Fiz minha parte. Durmo com a consciência tranquila. Missão cumprida.

Agora é com vocês! Que cada um convença algum indeciso ainda, tente mostrar o que está em jogo, que é a nossa própria democracia em perigo. Que “arrastem” aqueles que pretendem se abster nesse momento crucial de nossa história, para votarem, para contribuírem com um país melhor e mais livre. Não é hora de recuar. Não é hora de se acovardar, ou de mostrar indiferença. Vamos juntos para a vitória do Brasil contra o PT e tudo que ele representa de podre!

Rodrigo Constantino

Exibições: 69

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Antonio Silverio Paculdino Ferre em 27 outubro 2014 às 9:36

Creio que a sua ambição não era ganancia, como escreveu. A ambição é propulsora, enquanto a ganancia é corruptora. Tenho lido seus artigos e sempre achei-os condizentes com meu pensar.

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço