Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

"Nenhuma outra modelo é igual a ela, muito menos eu", diz Thairine Garcia sobre Gisele

Thairine Garcia ©Marcelo Soubhia/Agência Fotosite

THAIRINE GARCIA ©MARCELO SOUBHIA/AGÊNCIA FOTOSITE

*Thiago Malta, em colaboração para o FFW Models

Na chegada ao backstage da Colcci, onde desfila com exclusividade, encontramos Thairine Garcia, modelo que vem surpreendendo o mercado desde suas primeiras aparições, com apenas 12 anos de idade. A top, hoje aos 17, veio de Nova York direto para o São Paulo Fashion Week e conversou com o FFW sobre a carreira que já completa cinco anos, a exclusividade com a marca, a saída de Gisele Bündchen e seus planos para o futuro. Confira a entrevista:

Thairine, você foi uma modelo que estourou e fez sucesso no mercado muito cedo. Como foi o seu começo?

Nossa eu tinha 12 anos! Foi muito diferente. Eu mal sabia onde eu estava me metendo. Eu ia trabalhar pra grandes revistas e nem sabia qual era o peso delas. Eu fui aprendendo com o tempo e comecei a gostar de moda. Mas eu aproveitei cada minuto e me entreguei ao máximo! Me arrependo de não ter cortado o cabelo quando pediram ou pintado e feito algo diferente.

Após a saída de Gisele, todos querem saber quem vai ser o novo rosto da marca. O que você sabe sobre isso?

É um peso muito grande falarem que eu vou substituir a Gisele. Nenhuma outra modelo é igual a ela, muito menos eu. Ninguém vai conseguir preencher esse lugar, isso não existe. Eu estou fazendo o desfile agora, esta temporada. Vou fechar e puxar a fila final, e isso já é muito legal, eu estou muito feliz. Não sei nada sobre a campanha. Ainda não me passaram nada… mas se fosse eu seria bem legal né (risos)?

Ze Takahashi/FOTOSITE
THAIRINE FECHANDO O DESFILE DE INVERNO 2016 DA COLCCI ©ZÉ TAKAHASHI/AGÊNCIA FOTOSITE

O que pretende para o futuro?

Eu quero trabalhar muito. Eu sempre quis fazer o desfile do Rick Owens… Continuar a ser modelo e depois quero continuar envolvida com moda. Quando eu parar de modelar, quero continuar a trabalhar no mercado, quero ver os desfiles. Eu não me vejo de nenhum outro jeito! Sou apaixonada por isso tudo.

E você assiste a muitos desfiles quando está fora da passarela? Como é?

É muito legal, é diferente. Você não é acostumada a ver um desfile de moda pois você sempre está desfilando. Eu amo ver os desfiles. Quando não estou trabalhando, eu sempre peço convite e vou. Adoro!

O que a Thairine de 12 anos falaria para a Thairine de 17?

Se veste melhor (risos)! Para de se vestir de menino!

O que a Thairine de 17 anos, falaria para a Thairine de 25?

Relaxa que as coisas acontecem no seu próprio tempo. Fica bem e relaxa.

Teu maior sonho?

Ter uma vida tranquila. Ser modelo é correr demais, viajar o tempo todo. Às vezes eu fico muito exausta, queria descansar de verdade. Ter uma vida mais calma. Não ter rotina é muito ruim. Não dá para se programar, sabe? Você compra ingresso pra um show, aí aparece um trabalho e você tem que pegar um avião e perde o show. Não consigo marcar as coisas com antecedência.

Se você pudesse mudar alguma coisa no mercado de moda, o que você faria?

Eu voltaria com as Supermodels! Eu amo tanto as modelos dos anos 1990. Eu criaria supermodels, porque eu acho tão legal essas modelos mais adultas e icônicas. Hoje a gente vê muita new face e seria legal ter esse conceito de volta.


Exibições: 129

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço