Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Novas empresas trazem mais de R$ 52 milhões à Capital e devem gerar 1148 empregos diretos

Fonte:|Marcelo Eduardo - Redação Capital News |capitalnews.com.br|
Campo Grande

Projetos que somam investimentos de R$ 52.609.540,00 foram aprovados pelo Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico). A confirmação foi dada no final da tarde desta quarta-feira, 29 de julho, pela entidade. São seis empresas que devem investir na Capital, com incentivo do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social). É esperada a geração de 1148 empregos diretos no município.

As iniciativas de destaque, segundo a entidade, são: a criação do primeiro crematório da cidade – estão previstas a criação de doze empregos diretos e utilização de R$ 1,88 milhões três novas fábricas de tecido – com recursos de R$ 46,28 milhões juntas e expectativa de 1.110 vagas de trabalho; uma indústria de reciclagem que deve investir R$ 1.443.540,00 e gerar onze empregos diretos; além de uma empresa de prestação de serviços médicos que deve gerar quinze empregos e investir R$ 3 milhões.

O Codecon se reúne mensalmente e estuda e avalia projetos e possíveis incentivos por parte da Prefeitura.A intenção é facilitar os procedimentos de instalação de novos empreendimentos, ou ampliação dos já existentes.

Durante eventos anteriores, o prefeito Nelsinho Trad e o vice Edil Albuquerque lançaram um novo polo industrial do município, a ser implantado na região das Moreninhas (área sul da Capital, na saída para São Paulo).

O novo local deve gerar cerca de 4 mil empregos diretos e 15 mil indiretos, utilizando a mão de obra de moradores das Moreninhas.

Aproximadamente 20 empresas, a maioria do setor têxtil e mobiliário, estudam com a Prefeitura a possibilidade de fazerem parte do novo investimento [não há informação se estes projetos aprovados ontem devem ir para lá]. “O que a gente quer é definir o perfil das empresas que irão atuar. Iremos fazer uma pesquisa para saber qual o melhor setor para ser instalado no local,” explicou Edil Albuquerque quando da implementação do novo polo.

Posse

Ainda no encontro de ontem, foram apreciados dois projetos para ampliar empresas já instaladas e empossados dois novos conselheiros, um titular e um suplente, que representam agora o Sindicato Rural de Campo Grande no Codecon.

Exibições: 30

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço