Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Podemos, sim, prosperar se soubermos liderar e administrar

www.institutomillenium.org.br/wp-content/uploads/2021/01/vacina-coronavirus-covid-1609421395346_v2_450x337-400x190.jpg" />

Vacinação em massa global traz aumento do consumo e preços altos das commmodities. A guerra do supply chain. Das cadeias de suprimentos. O nome da batalha em 2021. O Brasil tem commodities para vender. Os preços de julho de 2020 até a semana passada, início de 2021, apontam o crescimento da soja em 53,4%, do milho 33,9%, trigo 24,4%, além do petróleo com 30,6% e o minério de ferro 104,2% (Fonte: Broadcast). Se São Pedro não aprontar vamos para outro recorde de safra.

Esse cenário tem na China o país com a melhor perspectiva de crescimento do PIB, projetados 8%; e toda a reconstrução da sua suinocultura em bases modernas demandando ração. A união europeia devendo crescer 5% e os Estados Unidos, a maior economia do planeta, 3%.

Vamos ver no mundo uma guerra pelo “supply chain”, pelas cadeias de suprimentos. Corrida às compras e inflação. Não estamos vivendo num mercado vendedor, e sim comprador em tudo, como nas vacinas. Rei é quem tem o produto.

As oportunidades para o Brasil estão em vender com as melhores condições, e a de abrir mercados novos para produtos novos. Com planejamento estratégico podemos buscar o dobro de vendas em toda hortifruticultura, na bioenergia, no pescado, lácteos, proteína animal; na diminuição da dependência do trigo importado, cacau, além dos títulos verdes e da bioeconomia de todos os nossos biomas. E jamais esquecer do abastecimento do mercado interno, dever sagrado que não pode ser negligenciado.

E da mesma forma precisaremos de inteligência de compras sobre os insumos essenciais. Temos uma agropecuária globalizada, com genética, medicamentos, fertilizantes, tecnologias de diversas partes do mundo, como boa parte dos próprios ativos dos defensivos agrícolas produzidos na China e Índia.

Mas não faremos isso se não desenvolvermos em regime de urgência uma inteligência de planejamento estratégico, onde fundos de capitais internacionais estão ávidos por reais oportunidades para investir. Bioinsumos por exemplo, dentre outros. E precisamos também demonstrarmos confiança para o mundo com a aplicação da lei onde ocorre a ilegalidade com meio ambiente.

A Embrapa todo dia nos encanta com ciência à disposição. Recentemente o Pronasolos, Programa Nacional de Solos do Brasil, país que conhece o seu chão gera saúde desde a originação, e riqueza para a nação. Ouvintes telespectadores da Jovem Pan, creiam, o Brasil tem muito mais oportunidades do que problemas e o foco na oportunidade é uma regra de ouro para não ser desperdiçada. Podemos prosperar se soubermos liderar e administrar. Sensatez e união da sociedade civil junto com governos.

*José Luiz Tejon para a Jovem Pan

Fonte: “Jovem Pan”, 11/01/2021

https://www.institutomillenium.org.br/podemos-sim-prosperar-se-soub...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 12

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço