Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

" A nossa proposta é criar uma rede sem nenhum compromisso, que as pessoas do nosso meio possam escrever o que quiser, desde reminiscencias a eventos futuros ou divulgação de produtos e serviços de cada um, sem nenhuma limitação, regra ou estatuto. Não temos nenhum preconceito tampouco restrições a níveis, sejam hierárquicos, sociais, idade, tempo de atuação, poder aquisitivo ou influencia.
Não há o menor resquício de censura, nem edição prévia a ser submetida a qualquer tipo de aprovação"

Exibições: 66

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Textile Industry em 3 janeiro 2009 às 15:17
(Por Luiz Barbosa)
Erivaldo,
Muito bem colocado! E a dor de corno do Júlio vai passar, assim que êle
entender que uma coisa não tem nada a ver com outra. O Textile Industry
tem maiores possibilidades de ajudar à A.B.T.T. do que o contrário.
Aproveito a oportunidade para levantar uma questão com nossos colegas
técnicos têxteis que você poderia colocar em discussão: O QUE ESTÁ FALTANDO
À A.B.T.T. PARA ELA SE TORNAR MAIS PARTICIPATIVA E REPRESENTATIVA DOS
IDEAIS DA CLASSE ?
Uma grande maioria de nossos colegas não participam dos eventos da A.B.T.T.
nem tampouco se associam e estão ligados no Textile Industry. Exemplo : Paulo
Valentim. Nunca o ví em nenhum Congresso da A.B.T.T. e sei que êle é um dos
especialistas têxteis que muito poderia contribuir para a nossa Associação à
exemplo de nosso grande Ex - Presidente e fundador da A.B.T.T. Teodomiro Firmo
da Silva Neto que deveria ser um exemplo para todos nós.Êle muito nos ajudou
no nosso ínicio profissional, distribuindo técnicos têxteis para os mais diversos
rincões de nosso País, principalmente para o Nordeste que era dominado pelos
Pós - Guerra Italianos, Ingleses, Portugueses e Alemães que vinham montar as
máquinas têxteis e ficavam dirigindo as Fábricas por falta de mão de obra técnica
especializada têxtil à época.
Vamos discutir ? Está aí uma colaboração para a A.B.T.T. da qual me orgulho de ser
Vice Presidente Nacional e membro do Conselho Consultivo e de Ética, por ser um
Ex - Presidente da mesma.

Barbosa.
Comentário de Luiz José Nicolodelli em 3 janeiro 2009 às 15:08
Erivaldo...
Estive por um periodo em ferias em nossa querida CAMBURIU {SC} e fiquei muito
feliz e satisfeito pelos comentarios e participação dos amigos TTs {não companhei-
ros} neste nosso novo espaço. Tenho certeza que o pessoal da ABTT irá compreen-
der tão logo tb. participar a importancia que teremos aqui para nos comunicarmos
diariamente, e com toda a liberdade possivel, que sempre foi uma das caracteris-
tica dos TTs.

Um grande abraço participativo

Luiz José Nicolodelli







.
Comentário de Luiz Barbosa. em 3 janeiro 2009 às 12:56
Erivaldo,
Isto é muito bom e nos deixa à vontade para meter o pau quando quizer e
desejar, sabendo que não está infrigindo nenhuma norma ou estatuto e ou
ainda não comprometendo indiretamente alguns colegas de alguma forma e
profissionalmente comprometidos com orgãos dirigentes de nossa indústria
têxtil e Empresas da Cadeia Têxtil. Caso que na A.B.T.T. (site), nunca poderá ser utilizado, pelo fato deste comprometimento ser estratégicamente um mal, ainda
necessário.
Barbosa.

© 2019   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço