Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII


Saudade, palavra singela,
tão bela, mas de significado
tão cruel, pois maltrata
e dilacera o coração
de todos que a sentem.
Não há sobre a terra,
quem não conheça
a triste dor da saudade.
Saudade de um passado feliz,
de um passeio encantador,
de familiares que se foram,
dos filhos pequeninos...
Saudade....Saudade....
Mas, a que mais dói,
é a saudade de um amor
que se foi, e que deixa
no peito um aperto indefinido,
uma angústia lancinante,
que tira da vida toda a cor,
e toda a vontade de viver.

Exibições: 275

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Comentário de Gild Helena Mercadante em 30 outubro 2009 às 21:25
Gostei muito da sua mensagem ..leia esta.

Ah! Saudade
Dor que vem devagarzinho, de mansinho,
Vai chegando como quem não nada quer ...
Se instala sem pedir licença...
Como o vento...é brisa que vai aumentando sem se ver...

Ah!Saudade...
Tu és a ausência de alguma presença...
És a musa inspiradora dos poetas...
Companheira dos amores perdidos... desiludidos, sofridos...
Dos amores banidos...

AH! SAUDADE

Ah!...Saudade...
Lição de vida...
E que lição... que vida...
Vida vivida... aprendida...sofrida.
Lição de quem já amou, sofreu ...enfim... viveu.

Ah!... Saudade...
Saudade da infância...das brincadeira... dos lugares...
dos amigos...dos parceiros...falsos ou verdadeiros,
Dos das musicas, das conversas,
Saudade é dor doida...
Porem,sincera...verdadeira...

Ah!... Saudade...
Enfim... Saudade...
Companheira de uma vida inteira...
Saudades de alguém......

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço