Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Têxtil Gofer e CITEVE desenvolveram meia para futebolistas

Fonte:|ojogo.pt|

A empresa têxtil Gofer, em parceria com o CITEVE - Centro Tecnológico da Indústria Têxtil e do Vestuário, desenvolveu uma meia para futebolistas, optimizada na perspectiva do rendimento desportivo e do conforto, disse, este sábado, fonte do organismo.

O director geral do CITEVE, Braz Costa adiantou que a fábrica da Trofa produziu a meia "através da utilização de fibras especiais e do princípio construtivo da malha".

A meia vai ser apresentada na 17.ª edição do Fórum Têxteis do Futuro, dedicada ao futebol, e que é organizada pelo organismo de Vila Nova de Famalicão em parceria com os promotores do Salão Modtissimo. O evento decorre dias 24 e 25, no edifício de Exposições e Congressos da Alfândega do Porto.

O responsável adiantou que, em exibição estarão, também, caneleiras "high tech" produzidas pela empresa nacional Sakproject, responsável, nomeadamente, pelo desenvolvimento de caneleiras personalizadas, produzidas através de uma tecnologia única, para o plantel do Chelsea FC, entre outros.

No capítulo da arquitectura têxtil, e também através de uma parceria com o CITEVE, as empresas Endutex e Seara vão demonstrar a utilização de telas têxteis para aplicações técnicas em estádios de futebol, recintos desportivos e de lazer (coberturas, decoração).

No espaço do FTF, 17 empresas industriais e uma universidade vão também mostrar os seus desenvolvimentos: são elas, a 4 Teams Sports Merchandising, a Alta Visibilidade, a Biodevices, a Coltec, a Damel, a ERT, a Fallsafe, a Fisipe, a Fitexar, a Foot by Foot, a Gulbena, a Invescorte, a J. Batista, a Lacatoni, a Mácron, a Quirimbas, a Tearfil Textile Yarns e a UBI - Universidade da Beira Interior

Em destaque no certame estarão, ainda, duas exposições, uma com os equipamentos das equipas que competem na Liga Portuguesa de Futebol e outra com equipamentos de selecções apuradas para a fase final do Campeonato do Mundo de Futebol - África do Sul 2010.

Pólos de atracção serão também os stands individuais das representações oficiais do FC Porto e do Benfica, bem como da Tertúlia Sportinguista do Norte.

O gestor salientou que o Fórum quer "sensibilizar os agentes económicos ligados ao desporto para a importância dos têxteis, seja no rendimento desportivo dos atletas ou na variedade de aplicações".

Frisou que, no centro das atenções vão estar, para além dos equipamentos de desporto, outros artigos e produtos técnicos para a prática da modalidade (como as redes ou as coberturas dos estádios, por exemplo), mas também o rendimento do jogador de futebol apoiado pela inovação no equipamento: as novas matérias-primas e a importância dos testes e ensaios de desempenho e conforto.

O programa do evento prevê, na tarde do dia 24, a apresentação e assinatura do protocolo de colaboração entre o Benfica e o CITEVE no domínio da concepção e desenvolvimento e especificação técnica de produto.

Inserido no evento, o Benfica apresenta a sua estratégia de desenvolvimento e produção de "merchandising" made in Portugal. O evento conta com a presença do director de Marca do Benfica, Henrique Conceição, e do Director de Merchandising, José Simão, que, de resto, representarão o Benfica na assinatura do acordo.

O Fórum organiza dia 25 uma Tertúlia sobre "A inovação têxtil e a performance do jogador de futebol", proporcionando uma troca de ideias sobre oportunidades de desenvolvimento e investigação e de negócios na relação entre as áreas do desporto e têxtil.

Participam na tertúlia - moderada pelo jornalista Rémulo Jónatas - Paulo Vilas-Boas, professor da Faculdade de Ciências do Desporto do Porto e especialista em Biomecânica do Desporto; Mário Silva, ex-jogador de futebol (FC Porto, Boavista, Nantes, etc.); Alexandra Araújo Pinho, da administração da empresa LMA; Luís Meireles, CEO da Biodevices; Manuel Serrão (Associação Seletiva Moda); e Fernando Merino (CITEVE). Esta tertúlia, que será, terá lugar no dia 25, pelas 11:00.

O Fórum Têxteis do Futuro é uma iniciativa de estímulo e mobilização para os têxteis técnicos, pensados e feitos em Portugal, que articula e dinamiza num evento bianual, a perspectiva comercial, a investigação e desenvolvimento, o encontro entre a oferta e a procura e o "networking".

Exibições: 218

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço