Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

Fonte:|diariodonordeste.globo.com|

Empresa encerrou atividades da divisão de malharia, em Maracanaú, após vendê-la para a mineira Franco Matos

A Vicunha Têxtil está demitindo 260 trabalhadores da divisão de malharia da unidade cinco, localizada em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A empresa encerrou as atividades da subdivisão após vendê-la para a empresa mineira Franco Matos, também atuante no segmento de tecidos. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem de Maranguape e Maracanaú, a seção contava com cerca de 310 empregados, dos quais 50 foram remanejados para outras duas subdivisões: a de tecelagem da unidade um, também fixada em Maracanaú, e a de fiação da unidade cinco.

"O maquinário já havia sido vendido, mas os trabalhadores continuaram operando. Entretanto, na sexta-feira, os representantes de Recursos Humanos da empresa nos informaram da desativação da malharia, pois a Franco Matos estava levando o maquinário para Minas Gerais. As demissões serão homologadas nos próximos dias 3, 4 e 5 de março", informou Francisco Antônio Ferreira da Silva, presidente do sindicato.

Em nota enviada à redação, a Vicunha Têxtil "esclarece que, em virtude da venda de sua divisão de malharia à empresa Franco Matos, ocorrida em outubro de 2009, descontinuará a produção e beneficiamento de malha em sua unidade fabril". Além disso, a empresa explicou que "por questões contratuais, a companhia está impossibilitada de atuar na produção de malhas pelos próximos cinco anos".

Comunicado

Ainda de acordo com o comunicado, a empresa afirma que a unidade cinco continuará realizando as operações de fiação, com a manutenção de 850 postos de trabalho. A Franco Matos, cuja estrutura industrial inclui fiação, tecelagem e tinturaria, possui planos de instalar uma planta industrial no Ceará.

Nos próximos dias, diretores da empresa mineira deverão vir a Fortaleza para conversar sobre os novos projetos com o governador Cid Gomes e com o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico (Cede), Ivan Bezerra.

Exibições: 251

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XII

© 2020   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço