Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

5 Vezes em que a série Halston dá uma aula de história da moda

Baseada no livro Simply Halston, a minissérie criada por Ryan Murphy e estrelada por Ewan McGregor mostra a ascensão meteórica e derrocada na carreira do complexo estilista. Confira uma conversa exclusiva com o diretor Daniel Minaham sobre os bastidores da trama.



Halston (Foto: Reprodução)

Halston (Foto: Netflix)


Salvar

Mais do que um ótimo entretenimento, a minissérie Halston — que acaba de chegar ao streaming da Netflix — é uma aula de história da moda. Considerado o primeiro estilista norte-americano que se tornou uma celebridade, Halston moldou os anos 1970 e 1980 unindo o glamour do entretenimento de Hollywood com uma moda de luxo funcional, desejável e mais democrática: "Ele mudou o jeito com que as pessoas se vestem até hoje, mas não apenas isso. Halston elevou o sportwear, o conceito de peças feitas sob medida e influenciou toda uma cultura. Além disso, foi pioneiro em branding e marketing, era um mestre na autopromoção e acredito que foi o nosso primeiro influenciador", avalia o diretor Daniel Minaham (cineasta também responsável por American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace), em entrevista à Vogue Brasil.

Dividida em cinco partes com os momentos mais marcantes de Halston — como a amizade com a cantora Liza Minnelli e a designer de jóias Elsa Peretti, as noitadas épicas no Studio 54 junto ao namorado e artista Victor Hugo, e o sucesso de produtos licenciados para J.C. Penney  —, a produção ficcional criada por Ryan Murphy e estrelada por Ewan McGregor é baseada no livro Simply Halston, de Stephen Gaines. Nela, vemos a ascensão meteórica e derrocada na carreira do complexo estilista, que morreu precocemente aos 57 anos por complicações da AIDS. "Se você gosta de moda, glamour, sexo e drama quer se surpreender pelo trabalho de um gênio, você ira gostar de Halston", define Daniel. "Se duas pessoas fossem com o mesmo vestido em um evento seria desconfortável. E aí Halston criou o trench-coat 704 de Ultrasuede (uma camurça sintética resistente à água), que se tornou um símbolo de sucesso, riqueza e estilo, mudando completamente o jogo", completa. Confira 5 vezes em que a minissérie dá uma aula de história da moda e leia a entrevista com o diretor na íntegra abaixo:

Jacqueline Kennedy usando o chapéus pillbox de Halston ao lado de seu marido John F Kennedy (Foto: Getty Images)

Jacqueline Kennedy usando o chapéus pillbox de Halston ao lado de seu marido John F Kennedy (Foto: Getty Images)

O it-hat

O designer começou sua carreira como milliner da alta-sociedade e uma das primeiras cenas da minissérie mostra como se deu o pontapé na moda: Jackie Kennedy usou um chapéu pillbox com assinatura de Halston para a posse presidencial de JFK, em 1961. Reza a lenda que ambos tinham o mesmo formato de cabeça, fazendo com que o acessório fosse ajustado nos mínimos detalhes com extrema precisão. A partir de então, seu ateliê Bergdorf Goodmans se tornou um dos mais concorridos de Nova York. O modelo, vale lembrar, segue um clássico na loja de departamentos de luxo até hoje.

Minissérie Halston: cena da Batalha de Versailles (Foto: Netflix)

Minissérie Halston: cena da Batalha de Versailles (Foto: Netflix)


Salvar

A Batalha de Versailles

O desfile beneficente do Palácio de Versailles que colocou a consolidada alta-costura de Givenchy, Yves Saint Laurent, Dior Pierre Cardin, Emanuel Ungaro  para uma batalha fashion com o ready-to-wear de figuras emergentes como Anne Klein, Bill Blass, Halston, Oscar de la Renta e Stephen Burrows dá a tônica do segundo episódio da minissérie. 28 de novembro de 1973 foi um divisor de águas na moda: enquanto os franceses optaram por looks já existentes acompanhados por orquestra, balé clássico e cenários que demoravam para serem trocados, os norte-americanos criaram peças exclusivas para a ocasião, fizeram um espetáculo contínuo e vibrante de 30 minutos com diversidade no palco (11 modelos negras estiveram no casting). A trilha sonora ficou por conta da estrela da Broadway Liza Minnelli, recém ganhadora do Oscar de melhor atriz por Cabaret e uma das melhores amigas de Halston.

Na trama, o estilista demora a aceitar o convite de Eleanor Lambert (fundadora do CFDA e da NYFW) para representar os EUA e quase desiste de se apresentar ao descobrir que Oscar de la Renta fechará a sequência de desfiles estadunidenses, mas a publicitária persiste o faz mudar de ideia com uma provocação: "Você está obcecado com as coisas erradas e precisa se concentrar. Você é o melhor artista aqui? Pode apostar que sim! Mas ninguém sabe disso. Principalmente os franceses. Você sabe o que Yves Saint Laurant fala de você? Prove que eles estão errados". Pois ele mostrou no melhor estilo Halston: com vestidos assimétricos de chiffon ou seda de frente única e corte em viés, com direito a fendas generosas para facilitar o movimento, uma de suas marcas registradas.

Halston (Foto: Reprodução)

Halston e suas musas, fotografados para Vogue americana em 1972 (Foto: Acervo Vogue)


Salvar

Halstonettes
"Eu não sou mais uma pessoa, sou uma marca", diz Ewan McGregor em uma das cenas do terceiro capítulo. A construção do branding está muito presente em todos os episódios: vemos desde como ele mudou o sotaque original de Indiana, adotou óculos escuros e suéteres pretos como uniforme e fazia questão de ser visto e fotografado rodeado por modelos/musas como Alva Chinn, Karen Bjornsen e  Pat Cleveland, usando seus designs da cabeça aos pés. Halston, importante lembrar, foi um dos primeiros estilistas do setor de luxo a incluir modelos negras regularmente no casting de seus desfiles. O grupo funcionava como uma espécie de outdoor móvel e ficou conhecido como Halstonettes. Uma curiosidade sobre a minissérie? Pat Cleveland é interpretada pela top model Dilone, que brilhou no inverno 2021 de Michael Kors.

O elenco de Halston durante as cenas que recriaram a era disco do Studio 54 (Foto: happyfoto / Netflix)

O elenco de Halston durante as cenas que recriaram a era disco do Studio 54 (Foto: happyfoto / Netflix)

Boom da era disco

Na balada mais famosa da cultura pop, Andy Warhol, Elizabeth Taylor e Cher eram alguns dos nomes que ferviam com Halston em festas épicas regadas a sexo e uso de drogas explícitos dos camarotes. A série recria momentos históricos, como a festa em que Lizza Minnelli e Bianca Jagger soltam pombas brancas no meio da pista. Por conta da pandemia, as gravações foram feitas com bem menos pessoas do que a cena aparenta. "Era na verdade uma festa bem íntima. Tínhamos uma playlist incrível de disco tocando", revela a atriz Krysta Rodriguez, que interpreta Liza Minnelli na minissérie.

Halston (Foto: Reprodução)

Ewan McGregor como Halston (Foto: Netflix)


Salvar

O poder — e perigo — do business
Dominar a indústria da moda era uma obsessão para Halston. Estando no auge da fama, em 1973, sua grife (e seu nome) foram vendidos para a Norton Simon por 16 milhões de dólares, uma bolada na época. A empresa cresceu exponencialmente graças a sucessos constantes de licenciamento e collabs, como a fragrância feita para a Max Factor: o icônico frasco oval inclinado criado por Elsa Peretti virou hit e vendeu 85 milhões de dólares em apenas dois anos.

O perfume Halston Classic (Foto: Reprodução)

O perfume Halston Classic (Foto: Reprodução)


Salvar

Halston vestiu a delegação estadunidense nas Olimpíadas de 1976, criou uma linha aérea de uniformes para a Braniff International Airways e também fez produtos assinados para a gigante de departamentos JC Penney, um negócio lucrativo, mas que na época foi bem criticado. A Bergdorf Goodman’s retirou todos os looks Halston de suas araras. Porém, a liberdade criativa que o estilista tanto prezava, foi dando lugar à pressão corporativista por lucro e crescimento constantes da Halston Limited. A dependência de bebida e cocaína, as noitadas e polêmicas em colunas sociais pautaram a última década do estilista americano, que, em 1984, foi demitido de seu cargo e passou o restante da vida tentando, sem sucesso, recuperar o seu nome.

Confira uma conversa exclusiva com o diretor Daniel Minaham sobre os bastidores da trama:

Como você avalia o legado de Halston?
Ele mudou o jeito com que as pessoas se vestem até hoje, mas não apenas isso. Halston elevou o sportwear, o conceito de peças feitas sob medida e influenciou toda uma cultura. Ele foi pioneiro em colocar branding e marketing junto ao seu nome. Acredito que ele foi o nosso primeiro 'influenciador'. Ele era um mestre na autopromoção, mas o que é diferente nele é que o que ele havia criado tinha, de fato, mérito próprio.

Essa série demorou 20 anos para ser concluída. Como foi essa jornada e o que você aprendeu com ela?
O que eu aprendi neste processo foi que existem algumas histórias que precisamos esperar para contar direito. O mundo tinha que estar pronto e eu precisei passar pelo meio corporativo para de fato entender um pouco do que ele passou.

Li que você disse "Halston é provavelmente a pessoa mais famosa que você nunca ouviu falar sobre". Qual era o seu objetivo principal com esse projeto e qual parte de Halston você estava interessado em mostrar para o público?
Acredito que o que aconteceu com Halston foi injusto e podemos aprender bastante a partir da história dele. Eu o respeito demais pelo seu talento e pela maneira com que ele tinha para criar e influenciar a cultura. Qualquer pessoa que trabalha já teve que lidar com esse dilema de 'o quanto você vai se comprometer e até onde para conseguir o que você quer?'. É uma questão universal.

Como foi o trabalho de caracterização de Ewan Mcgregor?
Ewan é tão diferente de Haston. Ele é bem escocês e sai pela estrada de motocicleta, por exemplo. Então ele teve que se transformar totalmente para abraçar o personagem — desde o porte físico, passando por como ele fala e se movimenta em cena — e fez isso com uma dedicação sublime.

Halston (Foto: Reprodução)

Retrato de 1978 (Foto: Harry Benson)


Salvar

A série é uma masterclass de história da moda e cultura pop a cada capítulo. De que maneira Halston transformou a moda americana?
Antes de Halston, todo mundo queria se vestir de maneira única e individual. Se duas pessoas fossem com o mesmo vestido em um evento seria desconfortável. E aí Halston criou o trench-coat 704 de Ultrasuede (uma camurça sintética resistente à agua), que se tornou um símbolo de sucesso, riqueza e estilo, mudando completamente o jogo.

Como Ewan McGregor aprendeu a cortar e alfinetar tecidos como Halston?
Foi admirável. Todos os dias da montagem ele passava algumas horas com a figurinista Jeriana San Juan e todo o time de costureiros e alfaiates para aprender os processos. Os figurinos do Ewan foram feitos pelo alfaiate pessoal de Halston e eles também trocaram figurinhas.

Halston (Foto: Reprodução)

As modelos Lisa Taylor e Patti Hansen, ambas usando Halston, em 1976 (Foto: Albert Watson)


Salvar

Qual foi o maior desafio dessa minissérie?
Toda cena era importante para mim, mas os desfiles e a Batalha de Versailles foram os mais complexos em termos de cenografia. Por conta da pandemia, tínhamos um casting reduzido e tivemos que criar digitalmente uma plateia lotada. Os dias em que tínhamos cenas de desfiles eram sempre os que ficávamos mais ansiosos, pois são os pontos altos da série, mas eu tive uma arma secreta que facilitou todo o processo: um amigo ex-modelo que nos ajudou a criar o catwalk de passarela para que ele ficasse o mais semelhante possível com o que era feito em cada década. E isso fica nítido nas câmeras.

Halston (Foto: Reprodução)

Halston em 1979 (Foto: Horst P. Horst)


Salvar

Para finalizar, por que todo mundo deveria assistir e maratonar Halston?
Se você gosta de moda, glamour, sexo e drama quer se surpreender pelo trabalho de um gênio, você ira gostar de Halston.

Para finalizar, por que todo mundo deveria assistir e maratonar Halston?
Se você gosta de moda, glamour, sexo e drama quer se surpreender pelo trabalho de um gênio, você irá gostar de Halston.

Laís Franklin (@laisfranklin)

https://vogue.globo.com/lifestyle/cultura/noticia/2021/05/5-vezes-e...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 134

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço