Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

91,4% de aumento: Confira qual produto de moda disparou em buscas durante a pandemia

Estudo divulgado pelo Google indica como as mudanças de humor e hábitos pelas quais passamos durante a pandemia interferiram nas buscas de moda e beleza, incluindo o aumento de buscas por pijama, moletom e vestuário de moda esportivo.

Pijama de tafetá de seda e camisa de popeline de algodão. Cachecol em cashmere com paetê e meias de fio escocês (Foto: Arquivo Vogue/ Josefina Bietti)

As buscas por pijamas dispararam na pandemia, segundo estudo do Google (Foto: Arquivo Vogue/ Josefina Bietti)


Salvar

Que o conforto se tornou essencial no guarda-roupa durante a pandemia não é nenhuma novidade. Mas um recente estudo do Google (Beauty & Fashion Trends) prova o aumento estrondoso da tendência durante o período. As mudanças de humor (e de hábito) no último ano passaram também a afetar as compras. Por exemplo, muitos encontraram nas atividades físicas um escape em meio ao caos: 39% dos brasileiros conectados começaram a fazer algum esporte que não praticavam antes, com caminhada, corrida e bicicleta no top 3, respectivamente. Assim, as buscas por vestuário de moda esportivo aumentaram mais de 73%. (*) 

O estudo também indicou que as buscas por conforto cresceram 6 vezes mais do que por tendência, com 23,1% respondendo que se sente confortável com roupas que não dificultam os movimentos. Dentro desse contexto, o moletom se tornou peça-chave, tendo aumento de 91,4%, depois vem camiseta (com 44.3%) e legging (com 43,7%). Os pijamas também tiveram seu boom, com as pesquisas por "pijama para usar todo dia" subindo mais de 1000% YoY (ano a ano). 

Apesar disso, a procura por peças mais confortáveis não foi o maior estímulo para compra de moda: segundo o estudo, as mudanças no corpo (ganho ou perda de peso) foram a segunda maior razão para adquirir moda durante a pandemia, e a principal para 23% dos entrevistados, atrás apenas das compras de reposição (de peças desgastadas, por exemplo).

Embora a vida esteja mais caseira, 61% dos shoppers de moda disseram que ainda se preocupam com a forma de se vestir. Em tempos que passamos mais tempo nos mostrando através das telas - seja em reuniões por Zoom no home office ou conversando com amigos -, cresce a busca por acessórios que usamos da cintura para cima, como acessórios de cabelo, anel, brinco, colar e corrente, lenço e cachecol e pulseira (com 30% YoY). 

E o que veio para ficar? Mesmo após a pandemia a vida indoor e outdoor parecem seguir mais misturadas do que nunca, considerando que 60% disseram comprar moda para usar dentro e fora de casa. 

(*) As análises compreendem o período de abril de 2020 a março de 2021

https://vogue.globo.com/Vogue-Negocios/noticia/2021/07/914-de-aumen...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 89

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço