Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Alerta: cientistas encontram vestígios de produtos tóxicos em meias de bebês

Segundo estudo espanhol, alguns produtos apresentaram uma quantidade de 'bisfenol A' 25 vezes maior do que outros. Os pesquisadores afirmam que eles podem levar à doenças graves.

Cuidado: meias podem conter produtos tóxicos, alertam pesquisadores (Foto: Getty)

Que mal poderia causar um simples e minúsculo par de meias infantil? Pois, um grupo cientistas espanhóis alertam que esse pedacinho de tecido pode ser mais prejudicial do que se imagina. O estudo, realizado em conjunto pela Universidade de Granada (UGR), Instituto de Pesquisa em Bioinsatologia de Granada, Hospital de Clínicas San Cecilio da cidade e Centro de Pesquisa Biomédica em Epidemiologia e Saúde Pública (CIBERESP), descobriu que 9 de cada 10 pares de meias para bebês e crianças de 0 a 4 anos contêm traços de bisfenol A e parabenos.

Para chegar a essa conclusão, eles analisaram amostras de 32 pares de meias infantis — de recém-nascidos a 48 meses — compradas em três diferentes tipos de varejo, a preços diferentes. O primeiro lote é de um comércio popular local; o segundo de um varejista internacional de fast-fashion de baixo custo; e o terceira de uma marca de roupas de varejo internacional de qualidade superior. Usando técnicas sofisticadas de química analítica e testes biológicos complexos para quantificar a atividade hormonal, os pesquisadores de Granada estudaram a presença do componente plástico bisfenol A, conservantes conhecidos como parabenos e a atividade hormonal (estrogenicidade e androgenicidade) dos extratos das meias.

As concentrações dos dois produtos químicos encontrados nas meias vendidas na loja popular local atingiram um máximo de 3.736 ng de bisfenol A por grama de tecido — uma quantidade 25 vezes superior à encontrada nas meias vendidas pelo varejista internacional de baixo custo e pela marca internacional de maior qualidade. Os parabenos foram encontrados em todos os produtos estudados — em particular o etilparabeno, seguido pelo metilparabeno —, mas em concentrações médias inferiores às do bisfenol A e com diferenças menos pronunciadas entre o tipo de armazenamento.

MAIS INFORMAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO

Diantes dos resultados, a principal preocupação é com a possível exposição a esses compostos químicos contidos nas roupas através do trato digestivo, já que é bastante comum bebês e crianças colocarem seus próprios pés e meias na boca. Segundo os cientistas, os bisfenóis e parabenos são disruptores endócrinos associados a certas disfunções que podem levar à diversas doenças em crianças, como déficit de atenção e hiperatividade, distúrbios geniturinários, desenvolvimento sexual secundário prematuro e obesidade infantil.

O grupo de pesquisa disse que acrescentou o alerta à sua campanha de conscientização pública contra a exposição a desreguladores endócrinos. O objetivo é informar médicos e profissionais de saúde, além de alertar os fabricantes e importadores sobre a qualidade de seus produtos e conscientizar os governos nacionais e europeus sobre o problema. Para eles, impor regulamentações mais rigorosas ao setor têxtil é fundamental. Enquanto isso, a orientação é que os os pais não deixem os pequenos colocarem as meias na boca. 

https://revistacrescer.globo.com/Criancas/Saude/noticia/2019/06/ale...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 359

Responder esta

Respostas a este tópico

O Bisfenol A (BPA) é um composto químico orgânico utilizado, basicamente, na produção de policarbonato e resinas epóxi. O policarbonato é um plástico muito versátil, duradouro, de grande transparência e alta resistência ao calor e ao impacto. Essas características fazem do policarbonato o material escolhido para uma ampla gama de aplicações destinadas ao usuário final, como DVDs, computadores e eletrodomésticos, óculos, lentes e embalagens, entre outros produtos. As resinas epóxi são utilizadas principalmente como revestimentos para aplicações industriais e de consumo, como latas de alimentos e bebidas, e revestimentos protetores para usos eletrônicos e marítimos. Leia mais sobre o BPA.

Fatos

O BPA é uma das substâncias químicas mais estudadas no mundo. Sua segurança tem sido amplamente examinada. Com base em provas científicas, as autoridades sanitárias de todo o mundo concluíram que os materiais que contêm BPA são seguros para os usos previstos, tanto em aplicações para consumo como para uso industrial.

 Copyright© 1996-2011, ABIQUIM Associação Brasileira da Indústria Química. Todos os direitos reservados.

Av. Chedid Jafet, 222, Bloco C — 4º andar, Vila Olímpia, São Paulo - Cep: 04551-065 - Fone: 11 2148-4700 - Fax: 11 2148 4760
Desenvolvido por Ágade Soluções E-criativas
Quanto ao PARABENO:
Parabenos são uma classe de produtos químicos muito utilizados em cosméticos. Eles são conservantes eficazes em muitos tipos de fórmulas, por isso são utilizados para eliminar micro-organismos. Eles podem ser encontrados em shampoos, hidratantes, cremes de barbear, lubrificantes etc.
A pergunta é: Como estes produtos chegaram aos pares de meias de bebês?

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço