Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

A alienação judicial dos ativos da Companhia Têxtil Ferreira Guimarães foi determinada pela Justiça e acontece em julho. Conforme informações do edital, o negócio inclui bens localizados nos municípios de Juiz de Fora, Barbacena e Antônio Carlos, avaliados em mais de R$ 40 milhões. A Tribuna procurou o administrador judicial da massa falida, mas não obteve retorno para as ligações.

Conforme o edital, serão alienados: terreno superior a 87 mil m², sendo 16.972 m² de área construída, que inclui indústria localizada no Bairro Democrata, estações de tratamento de água, poço artesiano e nove prédios residenciais, sendo um tombado pela Prefeitura, avaliados em cerca de R$ 24,9 milhões. Há, ainda, uma represa para abastecimento de água da fábrica, com aproximadamente 855 mil m², orçada em mais de R$ 1 milhão.

Em Barbacena, é objeto de leilão o estabelecimento industrial de fiação e tecelagem, com maquinários e utensílios, avaliado em cerca de R$ 13,7 milhões. No município de Antônio Carlos situa-se uma usina hidroelétrica, conhecida como Cachoeira do Fagundes, com capacidade de geração até 900 KVa, cujo valor estimado é de R$ 1,6 milhões.

A alienação se fará com a venda dos itens em bloco pelo maior valor que superar a soma das avaliações. As propostas devem ser apresentadas até o dia 1º de julho no Cartório da 2ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro. No dia 3 de julho, haverá abertura dos envelopes.

Fonte:|http://www.tribunademinas.com.br/economia/r-40-mi-em-ativos-de-cia-...

.

.

.

.

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 418

Responder esta

Respostas a este tópico

Que pena conheço esta fabrica e fico indignado com a falência da mesma !!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço