Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Bandeira vermelha encarece em 12% custos de produção da indústria têxtil

Aumento na conta da indústria engloba taxa tarifária extra de R$ 9,492 e impostos, de acordo com levantamento do Sinditec.

Com as contas de luz na bandeira vermelha patamar 2, as indústrias têxteis da região enfrentam um aumento de 12% nas contas finais. A estimativa é do coordenador do Departamento de Assuntos Energéticos do Sinditec, sindicato das indústrias têxteis de Americana e região, Laerte Dell’Agnezze. “É um reajuste significativo, considerando a energia e os impostos finais”, diz.

No mês de agosto, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) definiu uma taxa extra de R$ 9,492 o valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2 para cada 100kWh consumidos.

O custo é 52% maior do que o valor cobrado da taxa em junho, que era de R$ 6,24, e pode ter um novo reajuste. Nesta semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a taxa extra na conta de luz deve sofrer um novo aumento em função da crise hídrica no País.

Segundo Laerte, as indústrias são as mais prejudicadas, porque não conseguem fazer o repasse por conta da competitividade de mercado. “No fundo acaba tendo um repasse, ou por conta do comércio, ou dos varejistas. Mas são os consumidores finais quem pagam”.


Proprietário da Consagradus Confecção, Tiago Silveira explica que custos afetam faturamento – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

O proprietário da Consagradus Confecção, Tiago Silveira, diz que gasta energia elétrica durante 15 horas por dia com ferro de passar industrial, máquinas de costura e de bordado, além do uso lâmpadas e ar condicionado. Os lucros, entretanto, já estavam afetados pelo aumento de custo nos materiais de produção, e a bandeira tarifária dificultou ainda mais a situação.

“O que a gente pode realmente fazer é aguentar o calor e manter o ar desligado, mas as máquinas não dão para desligar, senão temos outro problema de falta de faturamento”, lamenta.

O mesmo acontece com o proprietário da confecção Moniklatan, José Roberto. Ele conta que o aumento da taxa tem afetado diretamente nos lucros em cerca de 30%, já que não consegue realizar o repasse. “O mercado já está bem difícil, se eu colocar um centavo a mais no preço da peça eu já não consigo vender”, diz.

A justificativa para o acionamento da bandeira vermelha está ligado a crise hídrica que o País enfrenta. Com o baixo nível nas bacias hidrográficas, é preciso acionar as usinas térmicas, que possuem um custo de produção mais caro – que acaba sendo repassado ao consumidor.

A bandeira vermelha está acionada desde maio, quando foi determinado o patamar 1. O custo extra era de R$ 4,169 para cada 100kWh consumidos. De acordo com a Aneel, abril marcou o fim do período de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do SIN (Sistema Interligado Nacional). O balanço hidrológico do período úmido 2020-2021 resultou no pior aporte hidráulico da história do SIN, medido desde 1931.

Comércio

Apesar de não sofrer com o repasse das indústrias, o setor varejista também sofre com a taxa tarifária na conta de luz, que representa uma grande parte das despesas.

De acordo com o presidente do Sincomercio, (Sindicato dos Comerciantes de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste), Vitor Fernandes, o setor mais impactado é o da alimentação, como açougues e supermercados, em função do uso de refrigeradores, fornos e outros equipamentos.

“Ainda assim, a intenção, nesse primeiro momento, é que o empresário absorva os custos, evitando repassar o aumento no preço do produto ao consumidor”, diz o presidente.

*Estagiária sob supervisão de Bruno Moreira e Talita Bristotti

https://liberal.com.br/cidades/regiao/bandeira-vermelha-encarece-em...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 392

Responder esta

Respostas a este tópico

A solução é geração solar, fale comigo S.bayer@solaritima.com.br

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço