Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Algodão em NY - O relatório de exportações dos EUA divulgado ontem e alta nas commodities trouxeram otimismo ao mercado e contribuíram para que os preços rompessem novamente a barreira dos 90 U$c. O contrato Jul/21 fechou em 90,58 U$c/lp, alta de 4,7% nos últimos 7 dias.

 

-  Preços 1 - O preço do algodão brasileiro Middling 1-1/8" (31-3-36) posto Ásia está cotado a 94,25 U$c/lp (-250 pts na semana) para embarque em Mai-Jun/21 e 95,75 U$c/lp (-25 pts) para embarque em Out-Nov/21.

 

- Preços 2 - Em abril, a média do indicador Cepea/Esalq ficou 12,5% acima da paridade de exportação – melhor desempenho desde junho de 2018, segundo o Cepea.

 

- -Altistas 1 - As exportações semanais dos EUA foram recordes para a semana: 107,7 mil toneladas.  Estes números aumentam a crença de muitos no mercado de que a previsão oficial de exportação de 15,75 milhões de fardos em 2020/21 pode ser aumentada.

 

- Altistas 2 - O Bloomberg Commodity Spot Index, indicador que monitora preço de 23 matérias-primas no mundo, atingiu nesta semana o maior valor desde 2011. De março para cá, a alta já supera 70%.

 

- Altistas 3 - O governo Chinês emitiu cota adicional para importar 700 mil tons neste ano para compradores não-estatais. Esse aumento já era muito aguardado pelos importadores chineses, principalmente após os boicotes ao algodão de Xinjiang.

 

- Baixistas 1 - A segunda onda de Covid-19 na Índia, 2º maior consumidor de algodão do mundo, se agrava. Além da crise humanitária, afeta indústrias e consumo e põe em risco a próxima safra de algodão, que depende de sementes e insumos importados.

 

- Plantio - Relatório de safra do USDA desta semana apontou que 16% da área já foram plantados, igual à média de 5 anos. Praticamente todos os estados estão plantando. Embora tenha chovido no Oeste do Texas, o impacto da seca que atinge a região ainda persiste.

 

- Colheita - A Abrapa informa o início da colheita da safra 2020/21 de algodão no Brasil em SP e no PR.

 

- Austrália - Colheita, em ritmo lento, segue na Austrália até julho. O principal problema lá é mercado. Compradora de 65% do algodão australiano na safra passada, a China não sinaliza que irá retomar as importações neste ano.

 

- ICAC - Último relatório do ICAC estima produção mundial de algodão em 2020/21 em 24,58 milhões de tons (6,5% abaixo do ciclo anterior). O consumo foi previsto em 24,97 milhões de tons (10% acima da safra passada) e a exportação mundial, em 9,83 milhões de tons (8,9% a mais que em 2019/20).

 

- China 1 - Mercado consumidor de produtos têxteis e vestuário na China pós-covid já se igualou ao norte-americano, segundo a Jernigan Global, impulsionado pelo público jovem.

 

- China 2 - O governo chinês investe forte para divulgar internamente o algodão produzido em XinJiang. O BCI chinês, o Weilai Cotton, já recebeu adesão de 32 indústrias chinesas. Atualmente, das 20 maiores marcas de vestuário na China, 12 são locais.

 

- Covid na Ásia - A variante da Covid-19 registrada na Índia preocupa outros países, como Tailândia, Japão e Indonésia. Singapura limitou reuniões sociais e impôs mais barreiras na fronteira. Vietnã está em alerta. Em Bangladesh, em lockdown até 16/mai, a situação parece estar melhorando.

 

- Cotton Brazil - Está confirmada a participação do Cotton Brazil na 2021 China International Cotton Conference, a ser realizada em Suzhou, China, de 17 a 18 de junho. Será a primeira ação entre Abrapa e China Cotton Association (CCA) após a assinatura do Memorando de Entendimento mês passado.

 

- Exportações - O Brasil exportou 177 mil toneladas em abril de 2021, totalizando receita de US$ 300 milhões. O volume embarcado em abril/2021 é 58% superior que o volume embarcado no mesmo mês de 2020 e é o melhor mês de abril da história nos embarques.

 

- Exportações 2 - Os principais destinos do algodão brasileiro foram China (38 mil tons), Vietnã (37 mil tons), Bangladesh (33 mil tons) e Turquia (30 mil tons).

 

- Exportações 3 - Na temporada 20/21 até aqui (Ago/20 a Abril/21), o Brasil exportou 2,1 milhões de toneladas, totalizando uma receita de US$ 3,3 bilhões. O volume embarcado nesse período é 22% superior ao mesmo período em 2019/20.

 

- Agenda - No dia 12 de maio, o USDA divulgará seu relatório mensal de oferta e demanda, que pela 1ª vez trará projeções 21/22, além de atualizações das projeções 20/21.

 

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

 

Preços - Consulte tabela abaixo 

WhatsApp Image 2021-05-07 at 10.11.04.jpeg

https://www.abrapa.com.br/Paginas/Not%C3%ADcias%20Abrapa.aspx?notic...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 329

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço