Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Com Taxa Zero de Importação, Preço da Pluma Reduz em Mato Grosso

Medida de desoneração foi anunciada na terça-feira (9).
Preço do algodão reduziu 2% nos últimos dias.

Algodão em cidades de Mato Grosso. (Foto: Secom/MT)
Desde janeiro o preço do algodão acumulou alta de 36%
(Foto: Secom/MT)

Embora ainda não esteja vigente a desoneração do imposto para importação da pluma, o preço do algodão em Mato Grosso apresentou queda nos últimos dias. Desde o início do ano o valor cotado para a fibra acumulou alta média de 36%, passando de R$ 49,3 a saca para R$ 67,3/sc. A máxima registrada no estado permaneceu até o anúncio da redução, de 10% para 0%, do imposto para importação da pluma, na última terça-feira (9). Nos últimos três dias, o preço da saca do algodão registrou queda de quase 2%, atingindo R$ 66/sc em Sorriso. A desoneração é válida para uma cota de 80 mil toneladas, no período de 1º de maio a 31 de julho de 2013, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Segundo a analista do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Elisa Gomes, a medida do governo federal atende uma reivindicação das indústrias têxteis. Conforme ela, as empresas estavam com dificuldades de refazer os estoques de pluma devido a alta constante do preço do produto nos últimos meses. Ela explica que a desoneração será importante para estabilizar a cotação da pluma no mercado nacional até o início da colheita do algodão da safra 12/13. A analista destaca que os Estados Unidos pode considerado o principal fornecedor da pluma porque ainda possui um estoque de 914 mil toneladas, além de uma localização mais competitiva em relação aos outros países fornecedores de produto.

Produção -  Conforme o Imea, Mato Grosso deverá produzir 673,4 mil toneladas de pluma na safra 12/13, o que corresponde a uma redução de 38% se comparada a temporada anterior, de 1,08 milhão de toneladas. A produção de caroço, que será de 1,7 milhão de toneladas, também será menor, levando em conta que no ciclo anterior a produção era de 2,7 milhões de toneladas. Essa queda é resultado da redução de área, que será 30% menor, passando 722 mil hectares para 503 mil hectares.

Fonte:|http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2013/04/com-taxa-zero-de-im...

.

.

.

.

.

.

.

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 232

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço