Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para diversos cursos gratuitos de qualificação profissional na área de confecção industrial.  A ação, realizada por meio do programa Via Rápida Emprego, é destinada a quem deseja aprimorar suas habilidades profissionais para atuar em empresas do segmento ou investir no próprio negócio.

 

As oportunidades estão distribuídas na capital e em outros 62 municípios da Grande São Paulo e regiões de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Franca, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Jose do Rio Preto e Sorocaba. São mais de 2.500 vagas e 18 opções de cursos que serão executadas até o final deste ano. Entre eles, Auxiliar de Modelista de Roupas, Desenhista de Moda, Confeccionador de Bijuterias, Cortador de Calçados, Costureiro de Máquina Reta e Overloque, Modelagem e Confecção de Lingerie.

 viarapidaemprego

As aulas serão ministradas por profissionais de Escolas Técnicas (Etecs), Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e de outras instituições contratadas pelo Governo do Estado como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, destaca a importância da qualificação profissional para aqueles que desejam trabalhar no setor. “Hoje, faltam costureiras e muitas vagas não são preenchidas por falta de capacitação. A proposta do Via Rápida Emprego é oferecer a essas pessoas cursos profissionalizantes para que ingressem mais preparadas no mercado de trabalho e conquistem autonomia financeira”.

 

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Os documentos necessários são RG e CPF. Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e residir no Estado de São Paulo. O nível de escolaridade e idade varia de curso para curso.

 

Como incentivo, os estudantes recebem material didático e auxílio financeiro de R$ 100 para alimentação e de R$ 150 para o transporte. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210,00. A seleção é feita pela SDECT, que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Desempregados ou mulheres arrimo de família têm prioridade

http://www.sinditextilsp.org.br/index.php/materias/item/1079-sp-cur...

Exibições: 603

Responder esta

Respostas a este tópico

Finalmente um programa que traz um atrativo: o complemento financeiro. Porém, ainda não é a solução para o setor, pois privilegiam o lado social e as empresas necessitam de funcionários altamente produtivos para terem competitividade. É preciso fazer algo assim, direcionados a jovens e o critério de seleção precisa ser de habilidades manuais.

É uma pena que esse curso, em específico, não tenha na cidade de Campinas, mas, valeu pela dica!

    Para quem está desempregado é um ótimo auxilio.

Como incentivo, os estudantes recebem material didático e auxílio financeiro de R$ 100 para alimentação e de R$ 150 para o transporte. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210,00.

OK, concordo que precisamos de profissionais altamente produtivos. E coloco aqui uma questão: Se não temos, via de regra esses profissionais , o que estamos fazendo de errado? Cursos são oferecidos intensamente no país como um todo, com ou sem auxílio financeiro, ao longo dos últimos anos. O que está errado? Falta alguma coisa ou estamos na direção incorreta?
 
Tadeu Bastos Gonçalves disse:

Finalmente um programa que traz um atrativo: o complemento financeiro. Porém, ainda não é a solução para o setor, pois privilegiam o lado social e as empresas necessitam de funcionários altamente produtivos para terem competitividade. É preciso fazer algo assim, direcionados a jovens e o critério de seleção precisa ser de habilidades manuais.

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço