Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Demna e Balenciaga desculpam-se por campanha publicitária e retiram processo judicial à North Six

Demna, diretor criativo da Balenciaga, e Cedric Charbit, CEO da marca, publicaram um pedido de desculpas pela campanha publicitária com crianças relacionada com sadomasoquismo, que gerou um avalanche de críticas, e retiraram o processo contra a produtora responsável, North Six.



Balenciaga - primavera-verão 2023 - Moda Feminina - Paris - © PixelFormula


O CEO da marca, Cedric Charbit, também anunciou que retirou o processo judicial que pedia 25 milhões de dólares por danos contra a produtora responsável pelo anúncio, North Six, outra ação que gerou protestos em toda a indústria da moda.

"Quero desculpar-me pessoalmente pela escolha errada de arte conceptual para a campanha de presentes com crianças e assumo total responsabilidade. Foi inapropriado que crianças promovessem itens que não tinham nada a ver com elas", escreveu Demna.

"Por mais que às vezes eu goste de provocar o pensamento através do meu trabalho, nunca teria a intenção de fazer isso com um assunto tão horrível quanto o abuso infantil, que eu condeno.", acrescentou o designer.

Os bichos de peluche sadomasoquistas que as crianças seguravam na campanha publicitária apareceram pela primeira vez no "desfile de lama" da Balenciaga, aberto por Kanye West, agora conhecido como Ye, durante a Paris Fashion Week, em outubro. Então os objetos foram usados ​​por modelos em passerelle e considerados um exemplo da visão distópica de Demna. No entanto, depois de serem colocados ao lado de crianças cercadas por taças de vinho na campanha, surgiram críticas nas redes sociais lamentando a exploração de crianças com fins comerciais.

"Devo aprender com isto, ouvir e envolver-me com organizações de proteção às crianças para descobrir como posso contribuir e ajudar nesta terrível questão. Peço desculpa a qualquer um dos ofendidos com as imagens e a Balenciaga garantiu que serão tomadas as medidas adequadas, não apenas para evitar erros semelhantes no futuro, mas também para assumir a responsabilidade de proteger o bem-estar das crianças de todas as formas possíveis. Muito sinceramente", concluiu o designer de origem georgiana, num comunicado assinado "Demna".

Num movimento relacionado, Charbit disse que a empresa nomearia imediatamente "um conselho de imagem, responsável por avaliar a natureza do nosso conteúdo, desde o conceito até às ações finais".
 
"A Balenciaga decidiu não prosseguir com o litígio", acrescentou Charbit, que foi abertamente alvo da Fox News pelo seu principal apresentador, Tucker Carlson, por supostamente consentir a pornografia infantil.
 
A decisão da direção também põe fim a um processo judicial que havia escandalizado os formadores de opinião da indústria pela falta de responsabilidade da marca com as suas próprias decisões estéticas. Ainda mais considerando a reputação dos seus designers como criadores de desfiles e campanhas provocativas.
 
"Juntamente com a minha equipa, faremos um 'tour de escuta' para envolver grupos de defesa que visam proteger as crianças... Reservamos um fundo significativo para fazer doações a organizações para que possamos ajudar a fazer a diferença na proteção de crianças", acrescentou o CEO da Balenciaga.

https://pt.fashionnetwork.com/news/Demna-e-balenciaga-desculpam-se-...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 24

Responder esta

© 2023   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço