Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data  -  Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva detrabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Escrito por

Janaína Bucker Riedo

https://www.linkedin.com/pulse/dia-internacional-da-mulher-jana%C3%...

Exibições: 693

Responder esta

Respostas a este tópico

OBRIGADO PELA LEMBRANÇA PELO DIA DAS MULHERES.

Falta equiparar o tempo de contribuição para aposentadoria, com os homens.
O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher.

Cruz credo, que horror.
Ainda há muita discriminação.
Viva às mulheres!

Quanto a esta história há controvérsias, mas preferi fazer homenagem a este dia especial com a crônica abaixo:
O DIA INTERNACIONAL DE UMA COISA

Tenho que me adaptar ao que muitos chamam de modernidade: igualdade de gêneros. Não estou tomando partido ou apresentando meu conceito, mas a mídia está muito forte sobre este tema que no passado era tão claro e digital: ou uma coisa ou outra. Qualquer variação era um problema familiar e social. Hoje o rabo balança o cachorro, bilhões de pessoas no mundo são obrigados a aceitar a opção sexual e comportamental de uns poucos!
Tenho receio de escrever... e acreditem faço isso desde 1967 e nunca me encontrei numa situação desta!
Normalmente, no dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Mas este ano é mais fácil identificar o dia do que a mulher.... Talvez algumas mulheres irão dizer que sou preconceituoso e que elas têm o direito de serem do gênero que desejam ser. Talvez alguns homens achem que eu os estou lembrando num dia que eles se consideram como tal.
Mas não vou deixar passar em branco este dia tão importante do calendário mundial e que muito representa para mim. As mulheres da minha vida: Eu tive três avós, a materna de sangue nem conheci, mas a respeito muito: portuguesa, como meu avô materno. Por isso eu dizia que a outra mulher da minha vida, minha mãe, que insistia em ser carioca, era na verdade portuguesa, por que filha de gatos que no forno não é pão, é gata. Mas sempre era contradito pela autoridade materna.... Sua vida foi de ensinos, sua morte rápida, que nos deixou sofrendo, mas ela nada sofreu.
Tive três irmãs. A mais nova que eu 1 ano morreu quando tinha 5 anos. Era uma boa companheira. Brinquei de bonecas com ela, só que ela não gostava muito por que eu “botava” as bonecas para brigarem e naquele tempo algumas tinham a cabeça de porcelana e não aguentavam as brincadeiras. É por que naquele tempo tinha brincadeira de menino e brincadeira de menina.... Acreditem!
Como a família da minha mãe era muito grande tenho muitas primas e agora elas têm outras tantas filhas que as vezes nem sei como apareceram no meu Facebook. A vida com esta família enorme cheia de mulheres foi maravilhosa!
Tive poucas namoradas. Deus não me agraciou com beleza ou charme, especialmente na juventude cheia de cravos e espinhas e uma magreza tísica. Tanto que namorei e novei 6 anos com uma e me casei com outra em 1 ano e ganhei uma sogra, que tinha orgulho de mim.
Deste casamento herdei um monte que nem sei contar exatamente quantas, sobrinhas e cunhadas. Mas as especiais foram as duas filhas. Eu não sei por que somos pais quando ainda precisamos de pais? Como é difícil! Seguimos o que aprendemos o que nem sempre é o melhor para os filhos no nosso tempo. E agora, com a velocidade da modernidade, isso está mais marcante. Meu filho me deu uma nora e duas netas. Minhas filhas mais três netas. E apesar de ser tudo da mesma família não existem duas iguais.
Estou casado de novo com uma mulher maravilhosa. Vivemos juntos 24 horas por dia por que trabalhamos no mesmo grupo empresarial, na mesma sala, dividindo os telefones. Para muitos seria uma prova de fogo, para mim é sonho de vida! Excelente companheira, linda, alegre e sabe guardar dinheiro! Quando temos problemas... todos temos... a natureza paraibana parece procurar uma peixeira (bem que mereço), mas normalmente acaba com um pedaço de chocolate na minha boca. Dela ganhei duas filhas (assim as considero) e uma sogra especial. Mulher séria, baixinha, mas arretada, direita em quase tudo que faz. Quando erra, conserta. Perfeita e faz uma lasanha...
É claro que tenho colegas de trabalho mulheres, casadas e solteiras, novas e maduras, simpáticas ou não, mas a todas respeito e deposito neste dia meu carinho.
Também tem as mulheres que comigo comungam da mesma crença religiosa e esperamos viver eternamente num mundo sem pecado.
Enfim, lembrar das mulheres neste dia 08 de março não foi difícil, espero que leiam o longo texto e sintam-se homenageadas.
Mas se por outro lado você é uma coisa, tudo bem, descarte a homenagem que fiz para as mulheres. Se você é outra coisa, sem problema, aceite esta homenagem como se fosse para você, pelo gênero que você quer ter.
FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER! (Seja você a coisa que for)
Eliseu M. Magalhães



Romildo de Paula Leite disse:

O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço