Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Escola Japonesa de Design Estuda Criar Unidade no Brasil

Representantes do Bunka Fashion College avaliam possibilidade de parcerias no país

Yoshio Kakishima, durante palestra em Brasília

Yoshio Kakishima, durante palestra em Brasília

 Brasília - Escola japonesa de design mundialmente conhecida, o Bunka Fashion College poderá ter um escritório no Brasil para prospectar parcerias. A informação foi confirmada pelo responsável pela área de relações internacionais da entidade, Yoshio Kakishima, que está no país para avaliar essa possibilidade.

Juntamente com a responsável pelo departamento de tecnologia da moda da instituição, Keiko Togashi, ele participou do Encontro Nacional da Carteira da Indústria da Moda, promovido pelo Sebrae, em Brasília. O evento reuniu, na sexta-feira (23), cerca de 60 técnicos.

“O mundo inteiro está de olho no Brasil, pelo seu crescimento econômico e oportunidades de investimentos”, destacou Yoshio. Os japoneses apresentaram o Bunka Fashion College aos participantes do evento. A entidade, criada em 1919 como escola de costura, já formou mais de 280 mil estilistas, entre eles vários famosos mundialmente, como Kenzo Takada e Yohji Yamamoto. A estrutura conta com faculdades de ciência da moda, de arte e design e uma incubadora de jovens designers.

Segundo Keiko Togashi, o departamento de tecnologia de moda inclui desde laboratórios de desenvolvimento de modelagem e de estamparia a uma tecidoteca (espécie de coleção de tecidos) e um museu de roupas antigas. “A escola cria profissionais para atuar intensamente no mercado da moda mundial”, disse Keiko.

Referência mundial

A possibilidade da instalação de um escritório da entidade no Brasil animou os participantes do encontro promovido pelo Sebrae. A coordenadora da Carteira de Têxtil e Confecção da entidade, Juliana Borges, disse que “trata-se de uma escola que é referência mundial em conhecimentos de moda, que poderão ser aproveitados pelas micro e pequenas empresas brasileiras”.

Yoshio e Keiko participaram do evento do Sebrae a convite da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), com as quais a escola japonesa estuda estabelecer parceria.

Serviço
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Fonte:|http://www.agenciasebrae.com.br/noticia.kmf?canal=41&cod=13271733

Exibições: 445

Responder esta

Respostas a este tópico

Agora me diz???

 

Pra quê mais uma escola de moda?? O Brasil é o país que mais tem escola de moda no MUNDO !!

 

Pro formando chegar na indústria e ter que ficar fazendo cópias descaradas??

 

Infelizmente o Brasil não produz, e sabe-se lá, quando vai lançar moda.

 

Nossa indústria é basicamente copista ... dá até dó e é muito frustrante pra quem está chegando agora no mercado.

 

Pena ... A Bunka é uma Top escola!

 

 

Fiquei muito feliz com a notícia. Adoraria participar de qualquer projeto que surja dessas parcerias!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço