Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Srs. Boa Noite.

Onde posso encontrar a relação de composição do tecido aos tipos de cuidados têxteis, exigido para compor uma etiqueta?

Por exemplo: cetim com elastano, composição 97% poliéster e 3% elastano, informação retirada de uma loja online que vende tecidos. Qual a simbologia correta a ser utilizada neste tipo de tecido? lavar na máquina ou não? como indicar que deve ser passada pelo avesso? não se deve torcer, mas pode ser centrifugada?

Como ter certeza de que as etiquetas compradas prontas estão corretas a composição do tecido?

Como uma fiscalização pode atestar isto de forma correta?

Não quero acreditar que estamos a mercê de uma lei rigorosa de etiquetagem, onde colocamos o achismo neste plano.

Estou começando uma confecção sou uma MEI e não compro tecido em grande escala, por ter uma produção muito baixa.

Obrigada

Exibições: 1381

Responder esta

Respostas a este tópico

Acho que seria interessante você participar desse curso, pois assim acho que você irá tirar mais duvidas.

Winston Gomes - O Mundo de Fibra

http://www.winstongomes.com.br

Obrigada Winston, vou saber  mais sobre este curso e participar sim.

PREZADA, sugiro telefonar para o Leite do Inmetro (021)3216.1000.

Quem fornece o tecido a vc , seja 1m ou 1000m tem a obrigação de lhe passar os códigos de cuidados. Há uma norma para isso é a ABNT NBR NM ISO 3758, mas indica as simbologias e os ensaios para definir quais simbolos usar e não para tal com posição uma simbologia, pois a determinação dos cuidados consideram não só a composiçãodas fibras, mas também se é malha ou tecido plano, se foi usado corante A, B ou C, se a roupa teve mistura de tecidos e/ou aviamentos, etc...

Boa Noite!

 

Para você ter todas as informações precisas e exatas sobres o Modo de Conservação, Conforme determina e NBR ISO ABNT 3758;2010, para todos os tipos de fibras  e filamentos ou quando mista, é encaminhar uma amostra da Malha ou Tecido Plano, cortando 50cm, de comprimento e de ourela a ourela , ou seja toda sua Largura, e, encaminhar para um Laboratório Acreditado e Credenciado pelo INMETRO, "Instituto Nacional de Metrolgia de Qualidade e Tecnologia" . Não sei onde você se encontra, mas aqui em Santa Catarina SENAI = BRUSQUE/SC, Rio de Janeiro= CETIQ, também tem dois laboratórios em São Paulo um é do Exército o outro não me recordo, e um na Bahia.

Este é procedimento correto e, recomendo para você que está começando agora sua confecção.

Mas, para seu conhecimento o Regulamento Técnico Mercosul de Etiquetagem Sobe Produto Têxtil, aprovado pela Resolução 02 de 06 de maio de 2008 do COMNETRO, em seu cap.XI item 36  diz que:

36. Os tecidos destinados à indústria de transformação consignarão as informações estabelecidas no item 33 e a relativa à gramatura do tecido, no produto e no documento de venda ou outro documento que seja oficialmente aceito com as exigências previstas, desde que neste conste claramente a relação com o documento de venda ou com o tecido.

Então , de acordo com este item é obrigatoriedade e de repsonsabilidade do forncedor passar para você todas as informações do Malha ou Tecido Palno, desde a sua composição têxtil, largura, gramatrua, e modo de cuidado para conservação do produto, tanto na ETIQUETA ou DOCUMENTO FISCAL, (ou seja NOTA FISCAL) independente da quantidade que você irá comprar, desde que, este fornecedor seja informado que você é uma INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO.

Espero ter podido ajudado na sua dúvida.

 

Arlete Pacheco da Rosa      048.9983.4382  =  3047.1957

Consultora e Qualidade de Etiquetagem Para Produto Têxtil

13.01.2012

A Maria Adelina tem razão! Seu fornecedor tem a obrigação de passar todas as informações

Ola bom dia,

o que sugiro a voce e que procure uma industria especializada na produçao de etiquetas pois eles detem todas as informaçoes que voce necessita, posso indicar uma otima empresa ETICAL ETIQUETAS que pode ser contactada atravez do site www.etical.com.br, boa sorte...

Juliano Areba

Cara Ludgii,

A Maria Adelina fala com propriedade quando diz que o fornecedor é obrigado a passar todas as informações necessárias, pois ele, em teoria, deve ter maior conhecimento técnico sobre o tecido / malha.

Quanto à etiqueta que você deve colocar em cada peça, segue anexa uma cartilha do IPEM SP bem clara e objetiva sobre o tema.

Edson Baron 

Anexos

Caros, 

O site da ABIT (www.abit.org.br) também disponibiliza informações sobre o assunto:

link Infraestrutura>etiquetagem>simbologia de etiquetagem 

Srs. muito obrigada pela ajuda e por todo esclarecimento... 

Caro Edson,

Agradeço imensamente sua ajuda e a apostila anexa, na página 11 encontrei a resposta para minha pergunta, no destaque IMPORTANTE... onde diz que não existe nenhuma fórmula ou tabela que indique diretamente a conservação específica de cada artigo e que a única forma de indicar isto corretamente em meus pordutos será fazendo uma análise laboratorial em cada tecido.

Juliano,

Me desculpe a contradição, mas as Fábricas de etiquetas não tem a responsabilidade e nem a competência necessária para informar aos confeccionistas quais os cuidados que suas peças devem ter.

Ele spodem orientar. no máximo, com relação ao tamanho e a disposição do texto, mas o conteúdo compete exclusivamente ao fabricante ou aos fornecedores do fabricante.  Trabalhei 12 anos na maior fábrica de etiquetas das Américas e acho que é a segunda maior do mundo (Haco Etiquetas).  Conheço bem este universo e as diculdades que os pequenos e médios confeccionistas encontram.  Infelizmente a regulamentação só serve para punir os fabricantes Nacionais, pois o que vem de fora é uma avalanche de produtos sem informações claras que atendam nossa regulamentação.  Por sinal, "eles podem".
 
juliano areba silva disse:

Ola bom dia,

o que sugiro a voce e que procure uma industria especializada na produçao de etiquetas pois eles detem todas as informaçoes que voce necessita, posso indicar uma otima empresa ETICAL ETIQUETAS que pode ser contactada atravez do site www.etical.com.br, boa sorte...

Juliano Areba

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço