Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Feira da Indústria de Moda em SP Atrai 500 Marcas e Estrangeiros

A segunda edição da São Paulo Prêt-à-Porter - Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios começa neste domingo (15), no Expo Center Norte, com crescimento de mais de 60% no número de expositores e de 40% em área. Serão 500 marcas, sendo 28 estrangeiras, com uma expectativa de público de 20 mil visitantes, entre lojistas, varejistas e distribuidores de moda e compradores internacionais.

São Paulo Prêt-à-Porter (Foto: Divulgação)
São Paulo Prêt-à-Porter ocorre até o dia 18 de
janeiro em SP (Foto: Divulgação)

Realizada na mesma semana e pelos mesmos organizadores da Couromoda, principal feira de calçados e acessórios da América Latina, que será aberta na segunda-feira (16), no Pavilhão do Anhembi, a São Paulo Prêt-à-Porter busca se firmar no calendário da indústria de moda do país. Ônibus gratuitos serão oferecidos pelos organizadores para o deslocamento entre os dois eventos.

“Queremos que a terceira semana de janeiro em São Paulo se transforme na maior semana de negócios em moda da América Latina”, afirma Francisco Santos, presidente das feiras e presidente do Grupo Couromoda

Os organizadores estimam que as duas feiras, juntas, receberão mais de 100 mil visitas profissionais, sendo 45 mil visitantes únicos. Na Couromoda, a previsão é que os negócios fechados e iniciados durante a próxima semana movimentem mais de R$ 6 bilhões. Para a São Paulo Prêt-à-Porter ainda não foram feitas estimativas. “Nossa meta é até 2015 sermos a maior feira de negócios em moda da América Latina, com 1.500 expositores”, diz Santos.

A São Paulo Prêt-à-Porter ocupará 24 mil metros quadrados nos pavilhões do Expo Center Norte e reunirá indústrias de confecções dos principais pólos produtores brasileiros e do exterior, com destaque para a participação de empresas da Turquia, França, Itália, Espanha e Estados Unidos. Empresas asiáticas não foram convidadas pelos organizadores.

Grife de NY aposta no mercado brasileiro
Entre as estrangeiras estreantes na feira está a Kenneth Cole, conceituada grife de New York, que ainda não possui distribuidores no Brasil. "A feira é uma maneira muito eficiente para se conectar com o comércio de moda brasileiro. O Brasil é um mercado interessante e em rápido crescimento rápido, e a população jovem tem buscado marcas globais autênticas que se encaixem em seu estilo de vida", diz Michael DeVirgilio, presidente internacional e de licenciamento da grife.

A empresa diz já ter iniciado conversas com possíveis parceiros locais, para distribuir os produtos da marca no mercado brasileiro. "Esperamos estar no Brasil de forma empolgante no final deste ano ou até o início de 2013", afirma.

Apresentação de lançamentos para o atacado
A feira acontece na sequência do Rio Fashion Business, que neste ano reuniu 300 marcas, com fabricantes e marcas de todo o país. “O nosso conceito é mais comercial, não tem desfiles. Mais do que grifes, os expositores são todos industriais”, explica Santos. “É business. É colocar a indústria em contato com os compradores".

O balcão de negócios, que funciona como uma espécie de shopping center para o atacado, apresentará opções de compras para as coleções de outono/inverno. O que será negociado na feira só deverá começar a chegar às vitrines das lojas em março.

“Faremos a apresentação das 90 peças da nossa nova coleção na feira”, diz Josiani Rinco, diretora financeira da Just Co. by Malharia Star, marca de Jacutinga (MG), com apenas três lojas próprias. “Temos mais de 6 mil clientes e já estamos em todas as regiões do Brasil. Agora queremos ir também para fora do país”, diz.

Sawary (Foto: Divulgação)Fabricante do Brás Sawary oferece linha de calça
jeans com enchimento    (Foto: Divulgação)

Entre os participantes, há marcas que só atuam no atacado, como a Sawary, de jeans para mulheres. “Mais do que conquistar novos clientes, queremos estreitar o relacionamento com os nossos distribuidores e valor à marca”, diz Laís Lettieri, gerente de marketing da empresa do bairro paulistano do Brás e que participa do evento pela primeira vez.

Dona da patente de um modelo de jeans com enchimento de espuma que modela o bumbum, a marca aposta agora no mercado de acessórios. “É uma oportunidade para ouvir sugestões e negociar encomendas especiais para o decorrer do semestre”, diz Laís.

Marcas com atuação direta no varejo, como a Dudalina, que possui 30 lojas no Brasil, também marcam presença no evento, em busca de novos distribuidores.

“Nosso foco agora é o varejo, mas como temos hoje 3.500 pontos de venda, não vamos abandonar nunca o mercado de multimarcas, que é a maneira mais rápida e fácil de crescer”, diz Edinho Vasques, diretor de marketing da Dudalina, que opta por apresentar suas novas coleções diretamente para os lojistas em vez de promover desfiles.

SERVIÇO
São Paulo Prêt-à-Porter
www.saopaulopretaporter.com
De 15 a 18/01: das 10h às 20h
Local: Expo Center Norte
Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme - São Paulo/SP

Fonte:|http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2012/01/feira-da-indu...

Exibições: 388

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço