Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Gestão de Custos na Produção é Fundamental na Cultura do Algodão

O mercado está cada vez mais competitivo e, na agricultura, essa premissa tem se intensificado à medida que se vai do mercado doméstico para o internacional

Assim, os custos de produção ganham importância ainda maior, pois refletem diretamente no valor final do produto. No caso do algodão, em que o custo chega a ser três vezes maior do que em outras culturas, como a soja, por exemplo, gerir os gastos desde o momento da decisão do plantio, meses antes do início da safra, é fundamental para garantir a rentabilidade.

Na análise do pesquisador do Centro de Estudos e Pesquisas Avançadas da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Cepea/Esalq), Lucílio Alves, devido à complexidade da cultura, o produtor de algodão já faz uma boa gestão de custo, porém, essa atenção deve ser redobrada em função das constantes oscilações de preços do produto. "A produção de algodão é uma das atividades mais complexas do setor agrícola brasileiro, em face à grande quantidade de fatores que afetam o processo produtivo, passando pelo elevado custo de produção, pela alta volatilidade na produtividade, e, consequentemente, pelo elevado risco de perdas significativas de receita", afirma Alves, que participará de um debate sobre a evolução dos custos de produção no segundo dia do 9º Congresso Brasileiro de Algodão, a ser realizado entre os dias 3 e 6 de setembro, em Brasília. 

Na opinião de Alves, as estratégias de controle de custos de produção desta cultura devem ser aplicáveis nos mais diversos âmbitos da administração do negócio. "Também precisamos lembrar que existem diversas realidades no Brasil, onde os fatores que influenciam no custo de produção têm aspectos específicos em cada região produtora, por isso, a importância de reunir os produtores de algodão em um congresso para a troca de informações", explica.

O pesquisador lembra que, na safra 2008/2009, quando os preços despencaram, houve muito produtor migrando para outras lavouras. "De lá para cá vimos a produção de algodão brasileira retomar o crescimento e os custos, como sempre acontece nesses casos, também subiram. Mas como houve reposição de estoques, que estavam em baixa, os preços compensaram", lembra. "O produtor precisa ficar atento a esse panorama. Por isso, a importância da gestão de custos para que, na hora de tomar a decisão sobre o que plantar e em que época, seja possível fazer a escolha capaz de garantir a rentabilidade do negócio."

Alves lembra que, neste momento, os produtores começam a planejar o plantio da safra 2013/2014. Em um estudo realizado em conjunto com a Associação Mato-grossense do Algodão (AMPA) o Custo Operacional (CO) para o algodão aumentou 0,5% em abril em relação a março e 19% em relação a abril de 2012, chegando a atingir o maior patamar da série do Cepea, de R$ 5.967,92/ha. No entanto, a receita bruta (RB) aumentou 3% somente de março a abril deste ano e 36% desde abril de 2012. Comparativamente a março do ano passado, segundo o relatório, os fertilizantes e defensivos ajudaram a frear o aumento do CO, caindo 1% e 0,7%, respectivamente, enquanto que as sementes tiveram valorização de 0,8%. Já em relação a abril de 2012, neste mês, os preços dos fertilizantes ficaram 6% maiores, dos defensivos, 12%, e das sementes, 7%.

Cabe ressaltar que, devido aos recentes problemas com lagartas-praga do gênero Helicoverpa, o produtor mato-grossense pode carecer de uma ou mais aplicações adicionais de inseticidas. Para cada aplicação adicional, pode haver incremento médio de R$ 65,05/ha de desembolso para a produção, considerando o custo com 0,15 l/ha de Clorantraniliprole mais mão de obra e a operação de máquinas. "Desta forma temos um aumento nos custos, que é difícil de ser mensurado no momento, mas que afetará a receita do produtor", lembra Alves.
9º Congresso Brasileiro do Algodão 

Promoção: ABRAPA - Associação Brasileira dos Produtores de Algodão
Realização: AMPA - Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão
Organização: Ponto Expo Eventos e Congressos 
Data: 3 a 6 de setembro de 2013
Local: Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada – Brasília – DF
Tel.: (11) 5052-0296
E-mail: contato@congressodoalgodao.com.br 
www.congressodoalgodao.com.br

Fonte:|http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/gestao-de-custos-...

.

.

.

.

.

.

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 157

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço