Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Josué Gomes da Silva lança chapa com pesos pesados para chefiar Fiesp

Empresário da Coteminas lidera grupo

Chapa já tem até agora 95% dos votos


O empresário Josué Gomes da Silva, dono da Coteminas, é apoiado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, para sua sucessão. A chapa de Josué tem pesos pesados do PIB e já acumula 95% dos votos no colégio eleitoral que escolherá a próxima diretoriaReprodução/Universidade Vanderbilt


O empresário Josué Gomes da Silva, da Coteminas, registrou na manhã desta 2ª feira (28.set.2020) sua chapa para concorrer à eleição que vai escolher o novo presidente e diretoria da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

O grupo tem pesos pesados do PIB brasileiro. A chapa está sendo ainda validada pela Fiesp (são mais de 130 nomes para disputar os cargos de presidente, vice-presidente e diretores da entidade). Por enquanto, a candidatura de Josué a presidente da Fiesp já tem perto de 95% dos votos no colégio eleitoral (compostos por sindicatos filiados).

O Poder360 apurou que estão na chapa com Josué, por enquanto, seguintes empresários:

  • Marcelo Ometto (São Martinho);
  • André Gerdau (Gerdau);
  • José Ermírio de Moraes (Votorantim);
  • Flávio Rocha (Riachuelo);
  • Salo Seibel (Duratex);
  • Dan Ioschpe (Ioschpe-Maxion);
  • Luiz Carlos Gomes de Moraes (presidente da Anfavea);
  • João Carlos Marchezan (presidente da Abimaq);
  • Rafael Cervone (presidente emérito da Abit);
  • Irineu Gouvêa (presidente da Abinee);
  • João Carlos Basílio da Silva (presidente da Abiphec);
  • Levi Ceregato (presidente da Abigraf).

APOIO DE PAULO SKAF

O atual presidente da Fiesp, Paulo Skaf, apoia e ajuda a articular a candidatura de Josué para sucedê-lo.

Skaf está no 4º mandato no comando da entidade. Assumiu a Fiesp em 2004 e decidiu não vai concorrer a mais 1 período. A gestão atual vai até 31 de dezembro de 2021.

A data limite para registro de chapas é nesta 2ª feira (28.set.2020), até 17h. A eleição propriamente é apenas em 5 de julho de 2021.

O possível concorrente de Josué é o presidente da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), José Ricardo Roriz Coelho, de 62 anos. Neste momento, segundo o Poder360 apurou, Roriz tem menos de 5% dos votos do colégio eleitoral que vai eleger a próxima direção da Fiesp.

Aos 56 anos, Josué é também sempre citado como possível candidato a presidente ou vice-presidente da República. Ele é filho de José Alencar (1957-2011), que foi vice-presidente de Lula por 8 anos.

A eleição na Fiesp terá, por indicação de Paulo Skaf, uma comissão que fiscalizará a disputa:

  • Sydney Sanchez, ex-ministro STF;
  • Ellen Gracie, ex-ministra do STF;
  • Almir Pazzianotto, ex-presidente do TST;
  • Ives Gandra da Silva Martins, advogado constitucionalista;
  • Maria Cristina Mattioli, desembargadora aposentada do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

A Fiesp é a mais poderosa e mais rica federação industrial do Brasil.

A entidade tem capilaridade em processos políticos. Durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, a Fiesp foi eficaz ao vocalizar críticas que ajudaram a derrubar a petista.

A Coteminas, de Josué, é dona de marcas como Artex e Santista, é hoje é a maior indústria de itens de cama, mesa e banho nas Américas. Tem 15 fábricas no Brasil, 5 nos EUA, uma na Argentina e uma no México.

Nascido em Minas Gerais, Josué vive em São Paulo há 35 anos. Presidiu a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção), na qual tem atualmente a posição de presidente honorário. Também foi presidente do Iedi (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial).

Em 2014, candidatou-se ao Senado pelo MDB de Minas Gerais. Não foi eleito: ficou em 2º lugar, atrás de Antonio Anastasia, então no PSDB e hoje no PSD.

https://www.poder360.com.br/economia/josue-gomes-da-silva-lanca-cha...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 780

Responder esta

Respostas a este tópico

Papai foi Vice Presidente do Brasil e não fez nada pelo textil............Será que agora vai??????????

Sim, o papai fez sim, apenas para empresa dele a Coteminas, para o têxtil 

NADA.

Ao senhor Josué, meus votos de sucesso na eleição.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço