Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Justiça Federal libera dinheiro aos ex-funcionários da Malharia Manz

Até o Dia dos Pais (14 de agosto), todos os 755 ex-funcionários da Malharia Manz deverão receber seus créditos trabalhistas. A etapa jurídica mais difícil foi vencida ontem: o juiz substituto da Vara de Execuções Fiscais da Justiça Federal, Luciano Andraschko, liberou o dinheiro que será destinado aos trabalhadores, muitos deles em dificuldades financeiras desde a falência da empresa, em 2007. Pelo menos um deles deverá receber mais de R$ 92 mil e um outro grupo entre R$ 50 e R$ 70 mil. O valor de R$ 6,58 milhões será repassado para o juiz da 1ª Vara Civil de Joinville na próxima semana para que ele determine o pagamento das dívidas trabalhistas. Segundo o administrador da massa falida, o advogado joinvilense Wilson Pereira Júnior, nomeado pelo próprio juiz Otávio Minato, faltam ainda 10% para concluir o quadro de credores trabalhistas, já que da relação entregue à Justiça deve constar o CPF do beneficiado. “Entre os dias 20 e 25 deste mês entrego a relação”, confirmou Pereira Júnior.

Assembleia
Trabalhar mais de dez horas diárias para elaborar a relação não é o único desafio do administrador da massa falida. O valor total da lista de credores deve superar R$ 7,7 milhões e o valor arrecadado no leilão, única receita disponível, não chega a R$ 7 milhões.

Circulação
Em breve será marcada uma assembleia para decidir uma redução no crédito de cada um para chegar ao valor da receita. Se as previsões estiveram certas, em agosto circularão mais de R$ 6 milhões na economia da cidade.

Fonte:|http://www.ndonline.com.br/joinville/colunas/materia/slug/leia-na-c...

 

Exibições: 316

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço