Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Lavanderias Comunitárias ajudam moradores e garantem renda de várias famílias

Quem chega ao local se depara com o colorido das roupas penduradas nos varais, mulheres lavando roupas nos tanques e nas máquinas ou passando e arrumando. Assim é a Lavanderia Comunitária Hildon Bandeira, na Torre. O local funciona diariamente, das 6h às 17h – quando necessário abre também nos fins de semana – e atende 60 usuárias cadastradas, sendo no máximo 15 por vez devido à pandemia do coronavírus.

A lavanderia tem 342 metros quadrados de área construída e dispõe de duas máquinas de lavar caseiras – duas máquinas industriais com capacidade 30 kg cada, serão instalada nos próximos meses –, lavanderias manuais, varais e mesas para passar, além de uma sala com capacidade para 20 pessoas, onde são realizados cursos destinados prioritariamente às usuárias, mas também abertos à comunidade.

Nesse espaço destinado à comunidade, as usuárias lavam as roupas de casa e também de clientes, garantindo uma renda. Edna Gomes, lavadeira há quase quatro décadas, diz que já lavou roupa no rio e sem esse espaço não conseguiria mais trabalhar. “Essa lavanderia melhorou muito nosso trabalho. Aqui eu lavo nas máquinas, passo as roupas e tiro o sustento da minha família”, afirma.

Para Severina da Silva, que também chegou a lavar roupa no rio, a lavanderia comunitária é fundamental para o trabalho de todas elas. “Sou lavadeira há mais de 30 anos e com esse trabalho sustento minha família. Em casa não tenho espaço para lavar tanta roupa, então essa lavanderia facilitou meu trabalho, pois posso utilizar as máquinas, engomar e entregar tudo pronto para os clientes”, conta.

Mas nem todas as mulheres usam a lavanderia comunitária para garantir o sustento da família. Existem pessoas que lavam apenas a roupa de casa, como Lenilda Mesquita, que vai ao local sempre às quartas-feiras, dia destinado às usuárias. “A lavanderia ajuda muito porque assim como outras usuárias não tenho como lavar roupa em casa”, diz a dona de casa, que lava e engoma na lavanderia.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social de João Pessoa, Felipe Leitão, as lavanderias comunitárias são espaços tradicionais que contribuem para o avanço da mão de obra para sustento familiar e para a qualidade de vida dos usuários.

“Nossas lavanderias se tornaram tradição nas comunidades e com a orientação do prefeito Cícero Lucena, estamos reformando a unidade de Mandacaru para oferecer um serviço de qualidade para as pessoas que precisam usufruir do ambiente. Crescemos junto enquanto cidade, enquanto cidadão, quando temos serviços dessa natureza voltado à sociedade”, pontua o secretário.

Mandacaru – O bairro também conta com uma lavanderia comunitária instalada na Rua Iaiá Paiva. O espaço está em reforma e deve ter até 30 lavadeiras por turno, sendo dez no tanque de alvenaria, dez nas máquinas de lavar e dez engomando. O objetivo é oferecer condições para melhor aproveitamento da mão-de-obra feminina ociosa e contribuir para a melhoria da renda familiar.

Texto: Juneldo Moraes
Edição: Katiana Ramos
Fotografia: Dayse Euzébio

https://www.joaopessoa.pb.gov.br/noticias/lavanderias-comunitarias-...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 25

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço