Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

E sobre a semana de moda carioca, vamos destacar a coleção da Natural Cotton Color, totalmente sustentável, feita com algodão orgânico tingido naturalmente. Os looks tem uma pegada totalmente artesanal com presença de bordados, rendas e crochês, valorizando costureiras da região do nordeste que trabalharam na coleção.

Percebemos uma coleção com peças clássicas, com cartela de cores simples baseadas no nude, marrom, caramelo e bege. Uma moda acima da moda ditada, que não sai de moda… Sem extremos, valorizando o conforto, a mulher bem feminina e, acima de tudo uma moda ecologica e socialmente correta.

Um passo para a reflexão sobre o foco no minimalismo, não descartável a cada estação. Onde o desejo de consumir vem junto com a reflexão do que consumir e para que consumir…

Os dois looks em destaque são os nossos preferidos – o lady like da saia evasê com maxi cardigan marcado por cinto e, a saia longa, menina dos olhos do inverno em todas as passarelas.

http://duasmodaearte.wordpress.com/2011/01/24/natural-cotton-color-...

Exibições: 637

Responder esta

Respostas a este tópico

Não deixa de ser uma moda permanente para climas temperados e frios do sul, não vejo muita preocupação para climas mais quentes. O toque do tecido natural com pouco acabamento e fios mais grossos é por si só pouco apropriado para os climas quentes, inclusive as malhas que se vendem no nordeste parece que são dirigidas para os turista do sul,  tanto no gosto como no preço. Comprei uma para minha esposa usar no nordeste , foi impossível, acabou indo de presente para a Europa! Espero que seja uma moda duradoura, tem um grande mercado para o publico naturalista na Europa.

Ricardo K.

Parabéns pela coleção.

Trabalho com fio de poliéster biodegradável. Ele é importado da Suíça mas como temos fábrica aqui no Brasil também, fica uma fácil transação.

Estamos a sua disposição

Ligia Zermiani

LIGIA MACHADO REPRESENTAÇÕES ME

47 3398 2217 e 9197 6281



Ricardo Keller disse:

Não deixa de ser uma moda permanente para climas temperados e frios do sul, não vejo muita preocupação para climas mais quentes. O toque do tecido natural com pouco acabamento e fios mais grossos é por si só pouco apropriado para os climas quentes, inclusive as malhas que se vendem no nordeste parece que são dirigidas para os turista do sul,  tanto no gosto como no preço. Comprei uma para minha esposa usar no nordeste , foi impossível, acabou indo de presente para a Europa! Espero que seja uma moda duradoura, tem um grande mercado para o publico naturalista na Europa.

esta coleçao e de inverno e foi lançada na europa porque infelizmente no brasil ninguem quer pagar o preço de tudo que tem por traz de cada peça, agricultor com pouco mais de uma hectare, algodao plantado sem fertilizante nem agrotoxico,  toa peça tem a intervenção do artesanato que hoje ja passa de 100 artesas so pro feminino, tecidos feito em tear manual e design que nao e copia de ninguem, infelizmente poucas lojas no brasil querem pagar por isto, vao pra europa e estados unidos comprar roupa feita na china.

nos temos coleçao de verao estaremos lançando no brasil  em sao paulo, buzios, pará e em itacaré e depois no japao em outubro e novembro.

Ricardo K.

Eu também comprei algumas peças e é muito quente. Tomara que consigam exportar


Ricardo Keller disse:

Não deixa de ser uma moda permanente para climas temperados e frios do sul, não vejo muita preocupação para climas mais quentes. O toque do tecido natural com pouco acabamento e fios mais grossos é por si só pouco apropriado para os climas quentes, inclusive as malhas que se vendem no nordeste parece que são dirigidas para os turista do sul,  tanto no gosto como no preço. Comprei uma para minha esposa usar no nordeste , foi impossível, acabou indo de presente para a Europa! Espero que seja uma moda duradoura, tem um grande mercado para o publico naturalista na Europa.

Ricardo K.

Responder à discussão

RSS

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço