Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Pirataria gera prejuízo de R$ 288 bilhões em 2020 no Brasil

Valor de perdas quase que triplicou em menos de sete anos.


Os prejuízos com pirataria e contrabando quase que triplicaram em sete anos no Brasil. Perda para a indústria, geração de empregos e para os cofres públicos.

Todos os dias produtos piratas e contrabandeados são apreendidos. Mas a quantidade é pequena se comparada ao que circula nas ruas dos comércios populares do país.

O setor têxtil é um dos mais atingidos. Estima-se que uma a cada três peças à venda seja irregular.


“Um complexo de ilegalidades que custa muito para o País e custa empregos de qualidade. Porque esses empregos gerados nessa atividade não formal, eles não são empregos que trazem a devida correspondência ao trabalho realizado”, explicou Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).


Nos últimos anos, as vendas de produtos pirateados e contrabandeados só cresceram no Brasil. Em 2014, as perdas da indústria e na arrecadação de impostos com esse comércio paralelo eram de R$ 100 bilhões. Em 2020, saltaram para R$ 288 bilhões.


“Mais de R$ 280 bilhões que deixaram de ser investidos na geração de novos empregos, geração de renda, e no pagamento de impostos que poderiam ser revertidos em benefício de todos nós, de toda a sociedade”, lamentou Edson Vismona, presidente do Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP).

Tiago Prudente, do Jornal da Band

https://www.band.uol.com.br/noticias/jornal-da-band/ultimas/piratar...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 25

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço