Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Porque a simbologia / instrução de lavagem do tecido cru NÃO deve ser considerada com a final para a peça confeccionada?

Resposta: A instrução / simbologia pode variar após o processo de lavanderia.
Isso por que existem processos de beneficiamento que são alheios a tecelagem, ou seja, são feitos após a entrega do tecido na confecção. Então cabe ao desenvolvimento de produto da confecção analisar e instruir qual será a simbologia final. É obrigatório que tenha os cinco símbolos.
Por exemplo: o tecido que sai da tecelagem pode ser passado normalmente.
Mas ao usar este tecido e na lavanderia fizerem um processo de amassadinho por resina, a instrução já muda.

Como compor a etiqueta de simbologia / instrução de lavagem?

Resposta: A instrução de lavagem de um produto final deve ser uma somatória de todos os procedimentos pelos quais ele passou, seja em estamparia, lavandeira e acabamentos. É de responsabilidade do confeccionista compor esta etiqueta uma vez que cada empresa determina seu próprio beneficiamento após o recebimento do tecido.

Quais as informações obrigatórias para etiqueta de simbologia / instrução de lavagem?

Resposta: As informações obrigatórias são:

  1. Composição têxtil do produto
  2. Nome ou razão social do fabricante ou importador, abreviado apenas S/A ou Ltda
  3. Identificação fiscal do fabricante ou importador, abreviando apenas CNPJ, CUIT, RUC, etc.
  4. País origem (onde foi produzido), sem abreviatura (exemplo: Brasil, Indústria Brasileira,
  5. Feito no Brasil e nunca blocos econômicos
  6. Identificação de tamanho de acordo com o tipo de confeccionado
  7. Tratamento de cuidado para conservação (Resolução n.º 02 , de 6 de maio de 2008.). Neste item, os tratamentos devem ser identificados exatamente na seguinte sequência: temperatura, alvejamento, secagem, passadoria e lavagem a seco.

É possível lavar délavé em tecido blue/black (topping)?

Resposta: Em tingimento denominado blue/black, isto significa que o fio foi tinto com pigmento Índigo blue e sobretinto com corante enxofre.
O preto (black), por ser corante, migra e seu residual sempre fica retido principalmente nas costuras, e quando lavados em quantidades podem manchar o corpo da peça.
As lavanderias devem tomar o maior cuidado quando manusearem as calças, para que não caiam pingos d’água sobre esta, pois estes após um tempo provocam a migração do corante, fato que pode ser observado pelo avesso do tecido.

Porque o cloro não é recomendado para lavagens em tecidos com elastano?

Resposta: O cloro altera a estrutura molecular da fibra elastomérica, causando uma distensão e até rompimento de flexibilidade da mesma.

Porque tecidos denominados High Power, ou com alto poder de elasticidade, também tem alto encolhimento? Isso é normal?

Resposta: Estes produtos têm como característica principal sua alta elasticidade (High Power), e consequentemente como todos os tecidos com esta característica tem um alto encolhimento chegando a alguns casos a 25%, pois o objetivo é vestir como uma calça legging de malha, porém em Jeans.
O fato da peça depois de lavada aparentar tamanho menor, não significa que não irá vestir o tamanho original cortado, considerando-se que o recomendado é um tamanho menor por ser tratar de tecidos com elastano; assim sendo um tamanho 40 irá vestir confortavelmente um tamanho 38.
Lembramos que o resultado esperado é uma calça que fique extremamente agarrada ao corpo. Estes produtos que tenham esta denominação, com certeza atingirão encolhimentos de até 23%, pois só assim atenderão a esta característica do produto.
Sugerimos no caso destes produtos, faça-se um treinamento à equipe de vendas ressaltando estas características aos seus clientes.

Qual a diferença entre Topping e Bottoming?

Resposta: Para processos de tingimento em fios na máquina de tingir Índigo, em cordas ou em aberto (sistemas multicaixas ou loop dye)
TOPPING – Sempre que o Índigo é 1º tingimento aplicado ao fio e outra cor é aplicada posterior sobre o Índigo.
BOTTOMING – Sempre que qualquer outra cor é 1º tingimento e depois o Índigo.

O que é stretch padrão?

Resposta: É o percentual que o tecido estica.

O que é skew?

Resposta: Todo tecido de ligamento sarja ocorre um desvio de trama no sentido da diagonal. Se rasgarmos o tecido no sentido da trama veremos que o rasgo não fica reto. Durante processo de acabamento é forçado o desvio de trama no sentido da diagonal e em seguida é feito a termo fixação desta operação. Este processo é feito para que não haja o entortamento da peça pós-confeccionada.
A este processo damos o nome de Skew ou arco de Bow. Este processo é regido pela norma ASTMD 3882.

Como converter unidades de medida (oz/jd² para g/m²)?

Resposta: Oz é a medida chamada “onças” e é usada para mensurar o peso por metro quadrado. Para fazer a conversão, o cálculo que é feito:
1 lb (libra) = 16oz = 435,59237g
1 yd (jarda) = 0,9144m
Então, se por acaso quiser converter um tecido que indique que tem 5,5oz, o cálculo é o seguinte:
5,5oz/yd x 453,59237g / 16oz x (1 yd/0,9144 m)² = 186,5 g/m²
Ou uma forma muito mais fácil (já simplificada e que dá o mesmo resultado): Use o fator 33,906 para converter oz/yd² para gr/m²
5,5oz/yd x 33,906 = 186,5 g/m²

Qual a diferença entre corante e pigmento?

Resposta: Os pigmentos são em sua maioria macro moléculas, e assim como as tintas de parede, eles pintam as fibras ou os tecidos. Como exemplos, estão os nossos Índigos Blue e os tecidos estampados com pigmentos, que ficam na superfície dos fios ou tecidos.
Por outro lado vêm os corantes que são micro moléculas. No denim os mais usados são o tipo “Enxofre”, que tingem as fibras e/ou tecidos, através de um processo químico, agregando a cor às fibras, modificando sua estrutura molecular ao agregar o corante a esta.
Em tecidos tipo denim, a característica é o desbote por atrito e/ou químico, e também por tingimentos com corantes que podem ser aplicados de forma incompleta para que ocorra seu desbote.

A peça que foi comprada originalmente com aspecto uniforme apresenta manchas em toda extensão, após lavagem doméstica, feita por um consumidor. O que aconteceu?

Resposta: Certamente a peça foi colocada de molho inerte com água e sabão em pó (alcalino) em algum recipiente. Podem não ter sido enxaguadas adequadamente, pois geralmente quando são feitas as análises laboratoriais, existem resíduos do sabão em pontos de maior volume de tecido, como por exemplo, na braguilha, barras e costuras laterais.
Estes corantes em meio alcalino (sabão em pó), libertam-se da fibra e migram para algum outro ponto, acumulando-se onde o tecido está na superfície do banho formando as manchas.

O tecido após lavagem ficou peludo. Porque isso acontece e como resolver?

Resposta: Tecidos com Algodão e Algodão/Elastano (principalmente com alta elasticidade), costumam ter uma característica de pelúcia, justamente por conter alto teor de algodão. Para minimizar e até eliminar este problema, a solução é feita somente em lavandeiras industriais, com aplicação de enzimas durante o processo de lavagem.

Qual a diferença entre fio open end e fio de anel?

Resposta: O fio de anel ou ring é obtido por uma tecnologia chamada de estiramento, ou seja, no processo de fiação fibras são esticadas direcionadas no sentido de ficarem paralelas e ao mesmo tempo são torcidas para a obtenção do fio.
Este se apresenta de forma normal (convencional), sem imperfeições ou com imperfeições que são chamados de flamês.
Já o fio Open End é obtido por uma tecnologia através de turbilhão de ar na fiação, as fibras entram em um rotor e dentro destes são entrelaçadas e torcidas, saindo do outro lado já em forma de fios. Também para estes existem as opções convencionais ou flamês. Neste processo também se obtêm o fio Multicount, que é configurado por alguns metros em um Título (diâmetro) e a seguir em outro Título (diâmetro).
Fio Convencional é aquele totalmente uniforme do inicio ao fim com o mesmo título.

Como lavar um tecido com estamparia feita por corrosão?

Resposta: A lavagem básica para artigos com este tipo de estampa é a revelação por metabissulfito, feita em lavanderia industrial. Conforme receita abaixo:

25g/l de Metabissulfito de Sódio
1g/l Cromanet N
Tratar por 20 minutos a 60 ºC
Enxaguar.

Neutralização:
20g/l de Peróxido de Hidrogênio
10minutos a 40 ºC
Enxaguar e Secar.

Fazendo este processo, o desenho já aparece. Após este processo, aí a criação fica a critério do cliente... Pode ser feito lixado, puído, amassadinho, délavé, sujinho, tinturar, enfim, o que a criatividade mandar.

Como evitar quebraduras / riscos no processo de lavagem?

Resposta: Aplica-se a todos os tecidos Denim, que requerem mais cuidados nas lavagens. Para os tecidos de 100% algodão e Algodão/Elastano (principalmente os de alta elasticidade, legging, jegging, etc) são mais recomendados.

Processos de lavagens
Preparação
  • Virar as calças pelo lado avesso
  • Preparar o banho na máquina
  • Fazer abertura de costura em caixa d’água contendo detergente umectante (passar 2 vezes ).
  • Colocar as peças na máquina (usando 25% da capacidade nominal da máquina). Colocar para girar.
Operação
  • Desengomagem (lado avesso)
  • Enzima Alfa Milase 2%
  • Antimigrante 1%
  • Tempo: 15 minutos
  • Temperatura: 60º C
  • Relação de banho
  • médio 1:10
  • Enxágüe Duplo.
  • Água
  • Tempo 2 minutos
  • Temperatura – Fria
  • Relação de banho – alto 1:15
  • Retirar e virar calça para o lado direito.
  • Seguir processos normais.

A peça apresenta pontos de enrugamento localizados após uso. O que aconteceu e como evitar?

Resposta: Esta situação indica o rompimento (corte do fio de trama) do elastano no processo de costura.
O fio de elastano que tem a espessura de um fio de cabelo fica esticado e envolto (recoberto) pelo algodão, ficando praticamente invisível a olho nu.
As agulhas convencionais, no processo da costura, rompem fibras dos fios, e quando ocorre no elastano, este tende a recuar dentro do fio, uma vez que está esticado, e assim forma a ondulação que se apresenta na peça.
Muitas pessoas questionam por que se apresentou na peça após usada e não na lavagem?
Na lavagem a peça ficou sem ser tensionada no sentido da largura, então o fio de trama ficou inerte. No uso, além do fio ficar esticado, a movimentação do corpo foi propiciando o recuo (retração) do elastano dentro do fio de algodão, provocando a ondulação onde o elastano foi cortado.
Para evitar tal ocorrência, os técnicos sugerem o uso de agulhas PONTA BOLA, em todos os processos de costura.

Fonte:|http://www.capricornio.com.br/faq.shtml

Exibições: 2150

Responder esta

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço