Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Nos últimos dez anos, o Rio de Janeiro aumentou as exportações de moda em 134%, enquanto São Paulo e Santa Catarina, Estados que lideram as vendas brasileiras de roupa ao exterior, registraram queda de 25% e 53%, respectivamente.

Os valores são modestos - as exportações fluminenses somaram US$ 22 milhões em 2011 e US$ 20 milhões em 2010. Em 2001, eram de US$ 9,4 milhões. Mas dois movimentos chamam a atenção de especialistas: as confecções do Rio conseguiram aumentar o preço médio do produto e os maiores compradores estão agora nos Estados Unidos, França e Portugal.

Em 2001, os principais países compradores eram EUA (39%), Argentina (21%) e Chile (8%). Em 2011, foram EUA (31%), França (16%) e Portugal (7%). "Detectamos um aumento de vendas também para a Itália, que junto com a França, representa destinos onde o design é muito valorizado", diz Cristiane Alves, gerente do Senai Moda e Design. "Em 2001, a França respondia pelo consumo de 0,05% da moda do Rio", destaca Cláudia Teixeira, analista de comércio exterior da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). "Atualmente, os países desenvolvidos dominam a pauta como principais destinos do vestuário feito no Estado, respondendo por 71,7%."

A moda praia do Rio era vendida por US$ 61, o quilo, em 2001. Ano passado, o quilo de artigos de banho foi vendido por US$ 135. "As empresas exportadoras conseguiram aprimorar a qualidade e o design", diz Cristiane. A favor da moda do Rio, diz Cristiane, está a cultura e o estilo de vida que são "vendidos" junto com os artigos de vestuário. "É possível copiar um modelo. Mas a alma de um lugar ninguém copia."

Com o resultado da última década, o Rio de Janeiro teve a sua participação nas vendas externas brasileiras de moda expandida de 3,6% para 13,5%. O Rio ocupa a terceira posição entre os maiores Estados exportadores de moda do país, atrás de São Paulo e Santa Catarina. No entanto, seu crescimento foi mais expressivo. Entre 2001 e 2011, Santa Catarina teve queda de 53% em suas exportações. Em São Paulo, as vendas externas de moda baixaram 25%. Entre 2007 e 2011, a exportação da moda do Rio cresceu 1,2%. No Brasil, no mesmo período, as exportações de moda caíram 37%.

Fonte:|http://www.valor.com.br/empresas/1195972/rio-amplia-exportacao-que-...

Exibições: 373

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço