Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Setor produtivo divulga carta aberta sobre proposta de Reforma Tributária

Algodão colorido começa a ser produzido na região de Rio Preto

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e a Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) divulgaram uma carta aberta contra a elevação da carga tributária e o aumento da burocracia na reforma tributária que vier a ser discutida pelo Congresso Nacional. Como representantes de produtores que cultivam mais de 90% da área de cereais, fibras e oleaginosas do país, as três entidades pedem tratamento adequado ao setor agropecuário.

 

"Precisamos de uma reforma que simplifique o sistema tributário nacional e racionalize a cobrança dos tributos, afastando os efeitos perniciosos sobre quem produz e faz o Brasil crescer há décadas, inclusive em momento de pandemia", diz o documento.

 

Entre os temas defendidos estão alíquota especial reduzida para os insumos agropecuários;  enquadramento dos produtores rurais pessoas físicas como não contribuintes, com o respectivo crédito presumido para o adquirente da produção;  e aproveitamento e garantia de restituição de créditos de investimento e de exportação para cumprimento do princípio da não cumulatividade.

 

O setor produtivo se posiciona a favor de uma reforma tributária, mas destaca a necessidade de uma reforma administrativa anterior.  "Preparar o terreno para uma reforma tributária impõe, em primeiro lugar, colocar a casa em ordem para elevar a eficiência do serviço público", afirmam as entidades.

 

Confira a íntegra da carta aberta assinada pela Abrapa, Aprosoja e Abramilho:

Carta_Reforma Tributária_100521.pdf

https://www.abrapa.com.br/Paginas/Not%C3%ADcias%20Abrapa.aspx?notic...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 166

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço