Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Governo do Rio Grande do Norte pretende criar uma cadeia de confecções capazes de acelerar a expansão das marcas Hering e Riachuelo.

Riachuelo pretende abrir 180 lojas no Brasil
+

Riachuelo pretende abrir 180 lojas no Brasil Crédito: Reprodução

Riachuelo e Hering podem ser as duas marcas que provavelmente colherão os melhores frutos de um programa do governo do Rio Grande do Norte anunciado na edição desta quinta-feira 8 pelo jornal Folha de S. Paulo. O projeto pretende instalar no interior potiguar uma cadeia de indústrias têxteis capazes de abastecer operações portentosas, como a Hering e a Guararapes, controladora da Riachuelo.

Em entrevista para a reportagem da Folha de S. Paulo, Rogério Marinho, secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte, disse que “Há potencial para 20 mil novos postos de trabalho no setor no Estado". A expectativa é que a Riachuelo trabalhe com 300 confecções terceirizadas, subsidiando a abertura prevista de 180 lojas no Brasil. A Hering também acompanha o desenvolvimento do projeto, que deve ainda contribuir para aumentar a competitividade do produto nacional frente à agressiva presença dos itens importados, especialmente as peças e tecidos vindos da China.

Exibições: 1488

Responder esta

Respostas a este tópico

O OBA OBA  DO SARGENTELE, É  A TÔNICA  DO GOVERNO ATUAL.

A "GROBO", VEM JOGANDO NO AR COISAS  ESCABROSAS. PERCEBE-SE LOGO, QUE É MATÉRIA COMPRADA, ONDE QUEM MANDA É O "POR BAIXO DOS PANOS".

JÁ FALAMOS  QUE  AS ENTREVISTAS  DO MINISTRO MANTEGA, QUANDO VISLUBRA E AFIRMA REALIZAÇÕES DE UM PAIS MUITO DISTANTE, E, O QUE O MINISTRO FALA NÃO  RETRATA  A NOSSA  REALIDADE.

NÃO CONHEÇO A  FRANCISCA GOMES VIEIRA, PORÉM, VAMOS  ATENTAR NO QUE  ELA  DIZ.

NOSSA SEDE  É GRANDE, PORÉM, É BOM TERMOS PRECAUÇÕES. O POTE PODE  ESTÁ FURADO OU RACHADO.

AFINAL ESTAMOS FALANDO DA TERRA DOS: garibaldi's, alves e outros que vivem na mídia.

MUITO CUIDADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

e voce precisa preservar seu emprego

Carlos Roberto Araújo Daniel disse:

 

É lamentável como as pessoas falam sobre o que não têm conhecimento de causa como é o caso da Srª Francisca Vieira, deveria primeiro se informar para poder emitir parecer, talvez seja pelo total desconhecimento da potência que é o grupo Guararapes/Riachuelo que hoje conta com mais de 170 lojas e com este projeto deverá dobrar este número, e não será somente no seridó, contemplará todas as regiões do estado,  hoje nas suas unidades de Natal e Fortaleza produzem mais de 160.000 peças dia, ainda para esclarecer é a maior indústria de confecções da A. Latina e uma das maiores do mundo, o grupo tem mais de 40.000 mil colaboradores, o seu dono é Brasileiro e Potiguar, estando presente todos os dias na empresa, apesar dos seus 84 anos de idade, é um exemplo de empreendedor que deve ser seguido pelo seu sucesso como empresário. A sua unidade de Natal tem uma área construída de mais de 240.000m².

Talvez com estes "modestos" números seja mais dificil de emitir algum parecer duvidoso, já que está aqui do "ladinho" como a Srª mesmo diz, poderia um dia vir se admirar para sentir o que é uma empresa que dá prazer de se fazer parte do seu quadro de colaboradores.

Carlos Roberto Araújo Daniel - Gerente de Engenharia de Produtos e Processos da Guararapes - unidade Natal

  Ótima noticia para o Nordeste.

na verdade caro Daniel, sem ir em profundidade ao caso, sei que existe  em Fortaleza, um imperio formado de  dois blocos imensos de  construção, todos com financiamento BNB, BNDES e outros, cujo responsavel é justamente a Guararapes.

no bairro antonio bezerra, existe um conjunto de  elefantes brancos (citados) onde não prosperou, ou por falta  de objetivos, ou mesmo, porque, parte  do financiamente  tenha  tido um outro destino.

justificar que  a companheira  francisca é alivosa, acho que  seja  isto que  devamos fazer.

se há uma testificação do seu testemunho, devemos pelo menos não queimar ou destruir  essas possibilidades.

tenho, cerca 40 anos na  area têxtil e já  coisas  escabrosas.

 

digo ja vi coisas  escabrosas.

não devemos despresar as informações  da  sra francisca, mesmo que, ela esteja do "ladinho".

estou do ladinho aqui do rio grande do norte estou aqui naparaiba, nao e do lado deles nao, muito pelo contrario, estou do lado certo nao interessa de quem, agora dizer que tudo que a riachuelo vende é feito no brasil, voce tem que nao saber absolutamente nada de custo, porque quando voce ver uma camisa polo sendo vendida a R$ 15,00 que tudo é feito no brasil, ai voce começa a somar, valor da malha mesmo que misturada com poliester, costura, gola, custo fixo das instalçoes, como aluguel ou condominio, agua, luz, telefone salario de vendedor, imposto? e ai meu amigo soma isto tudo pra mim para pagar tudo com 15 reais e ainda sobrar uma boa margem de lucro pro dono, pois para ser este sucesso todo de crescimento, ou com uma margem de lucro acima de 10% ou de outras formas que nao vou citar, mas inumeras alternativas

CARA SRA. FRANCISCA.

A GUARARAPES, DONA DA RIACHUELO, PRODUZ SUA PRÓPRIA MALHA,

TANTO A MEIA MALHA COMO A PIQUET, E AS GOLA POLOS VENDIDAS

NA REDE SÃO TOTALMENTE PRODUZIDAS EM SUAS FÁBRICAS.

eu sei de tudo isto, mas mesmo ela produzindo tem custo, pois nunca vi malha cair de arvore, sei o custo de um kilo de malha na fabrica meu amigo

FIOS SÃO COMERCIALIZADOS MUNDO A FORA É UM MERCADO

ABERTO E FRANCO TANTO CHINÊS, ALEMÃO, AMERICANO COMO

O BRASILEIRO AÍ VEM: QUANTAS TONELADAS VAIS QUERER?

MIL É UM PREÇO..........AH! 3.000 TONS. É MAIS BARATO.........

ASSIM MOVE-SE O MUNDO!

o objetivo da  discussão fugiu ao original. falávamos  do estado do rio grando do norte.

somos uma equipe onde nossos objetivos, sempre foram e  serão para o desenvolvimentos da  área  têxtil.

todos  têem desenvolvido um esforço HERCULANEO, em todo este  tempo que se produz fibras, fios e  tecidos/malhas/CONFECCIONADOS EM GERAL.

ontem um de nossos colega, externou que perdemos mais de  1milhão de postos de trabalho, de  1995 para cá.

vejam, companheiro devemos nos  esforçar para buscarmos  alternativa e meios técnicos capazes  de  soerger  a ÁREA TÊXTIL.

EXISTEM FUNDAMERNTOS DIVERSOS: TÉCNICOS, ORGANIZACIONAIS, RACIONALIZAÇÃO DE  SITEMAS, ESTUDO DOS MOVIMENTOS, MELHOR  QUALIDADE  DAS MATÉRIAS PRIMAS, CONTROLE DE  QUALIDADE EFICAZ, TÉCNOLOGIA  DOS EQUIPAMENTOS, SUPRIMENTOS, FINANCIAMENTOS  E OUTROS.

COM TODOS ESSES MOTIVOS, VEJO QUE NÓS ESTAMOS NAVEGANDO CONTRA O VENTO E  A MARÉ. 

E  QUANDO SE  TRATA  DE MARÉ DEVEMOS TODOS BATER NA TECLA  DO TRIBUTÁRIO. O PRODUTO CHINES CHEGA  AO BRASIL COM CERCA  de  52% MENOS TRIBUTOS QUE OS PRODUTOS AQUI PRODUZIDOS.

SOMOS TODOS IDEALISTAS, PORTANTO LUTEMOS PELOS OBJETOS QUE PODERÃO SOERGUER  A  NOS AMADA ÁREA TÊXTIL.

A Hering também acompanha o desenvolvimento do projeto, que deve ainda contribuir para aumentar a competitividade do produto nacional frente à agressiva presença dos itens importados, especialmente as peças e tecidos vindos da China.

MUITO BOM.  A HERING TEM O CONHECIMENTO DA MELHOR FORMA DE  FAZER AS COISAS, NA ÁREA TÊXTIL.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço