Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Sistema S reage ao corte de 50% nas contribuições de empresas

Senai diz que fechará 136 escolas

Tenta mudar MP no Congresso


O presidente da CNI, Robson AndradeDivulgação/CNI


A CNI (Confederação Nacional da Indústria) emitiu nota criticando a MP que reduz por 90 dias em 50% a cobrança das contribuições das empresas ao Sistema S  (Sesi, Senai, Sesc, Senac, Sest Senat, Senar e Sescoop). Eis a íntegra (1 MB) do que disse a CNI.

O Senai diz que poderá fechar 136 centros de educação profissional. Além disso, declara que “830 mil vagas de qualificação profissional podem deixar de ser ofertadas”. O Sesi vai na mesma linha: “150 escolas e centros de atendimento à saúde devem ser fechados e 217 mil vagas para alunos de educação básica deixarão de ser ofertadas“.

O Poder360 apurou que a carga será fortíssima no Congresso para que a MP seja imediatamente rejeitada. Robson Andrade,  presidente da CNI, está à frente da iniciativa. Se a MP não for derrubada, há uma costura para que a receita das entidades não seja cortada, mas direcionada para algum fundo que possa ser usado no fomento de micro e pequenas empresas.

Também em nota, a CNC disse que os cortes definidos pelo governo “prejudicam empresas, trabalhadores e população em plena crise“. O presidente da CNC, José Roberto Tadros, reclamou que o governo deveria ter reduzido impostos às empresas em vez de mexer na contribuição ao Sistema S.

A MP publicada não apresenta nenhuma medida com impacto na redução de impostos por parte do governo federal, o que, aí sim, seria uma ajuda efetiva, principalmente em relação às médias, pequenas e microempresas. A redução é inócua, em termos de ajuda para as empresas, lembrando que as micro e pequenas já não contribuem para o Sistema S“, disse.

Leia a íntegra da nota da CNC (54 KB).

O diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, também protestou contra a medida. Afirmou que as capacitações de educação profissional, atividades de promoção social e a assistência técnica e gerencial prestadas aos produtores rurais de todo o país “serão afetadas“.

Com esse corte, teremos que suspender as atividades, encerrar as matrículas em todas as ações de educação, parar a capacitação de técnico e tomar outras medidas para avaliar os impactos”, disse Carrara.

As ações do Senar impactam 3 milhões de pessoas todos os anos. Não existe uma estrutura capilarizada como a nossa, que chega em todas as parte do país. O produtor ficará desassistido. Temos uma série de ações estruturantes de apoio aos produtores rurais, principalmente de apoio aos pequenos e aos médios, que num momento de tantas incertezas como esse precisam da nossa atuação na ponta, no campo. Esse corte no orçamento do Senar impede esse atendimento”, afirmou.

Leia a íntegra da nota da Senar (35 KB).

https://www.poder360.com.br/economia/sistema-s-reage-ao-corte-de-50...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 461

Responder esta

Respostas a este tópico

  O Senai diz que poderá fechar 136 centros de educação profissional. Além disso, declara que “830 mil vagas de qualificação profissional podem deixar de ser ofertadas”. O Sesi vai na mesma linha: “150 escolas e centros de atendimento à saúde devem ser fechados e 217 mil vagas para alunos de educação básica deixarão de ser ofertadas“.

É um tremendo erro reduzir contribuições do Sistema S visto serem entidades profissionais de educação q substituem o papel q deveria ser do estado.
Infelizmente o governo vem tomando tímidas decisões para ajudar os empresários e algumas como está totalmente equivocadas!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço