Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIV

Os tecidos feitos pelo japonês Junichi Arai, que já trabalhou com alguns dos maiores nomes da moda no Japão, são considerados obras de arte. Não é à toa que alguns de seus trabalhos foram parar nas coleções permanentes de museus como o Victoria and Albert, em Londres, e o MoMa, de Nova York. Nascido em 1932, numa família de tecelãos que fabricava quimonos, o designer sempre viveu entre tecidos. Ficou famoso quando resolveu descontruí-los, revolucionando as técnicas existentes e "derretendo" quimicamente as fibras dos fios para criar cortes translúcidos e texturas inusitadas. Fez experimentações com cobre, alumínio e  aço para produzir tecidos que mais parecem esculturas, belos demais para serem cortados.

 

Arai também mistura técnicas japonesas antigas de tingimento (tie-dye) com tecidos sintéticos high-tech. Sua colaboração com estilistas japoneses ajudou a transformar a moda "made in Japan" numa das mais respeitadas e copiadas do mundo. Historiadores da moda o consideram um gênio. 

Uma exposição em homenagem ao artista ("Junichi Arai: tradição e criação") está sendo realizada na galeria da Tokyo Opera City, até 24 de março. 

 

Fonte:|http://ela.oglobo.globo.com/blogs/toquio/posts/2013/03/02/tecidos-q...

.

.

.

.

.

.

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - Clique Aqui

Exibições: 397

Responder esta

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço