Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

01 de Outubro, Dia Pan-Americano do Representante Comercial

Em homengem ao Dia Pan-americano do Representante Comercial - 1 de outubro, falando um pouco da nossa história, para que possamos entender o que se passa no nosso presente e o que deve orientar as nossas ações no futuro. Há 75 anos, em reunão plenária realizada entre os dias 25 de setembro a 02 de outubro de 1937, um grupo de delegados de vários países da América Latina, inclusive o Brasil, se reuniram em Buenos Aires – Argentina, no Congresso Pan-americano de Viajantes, Agentes e Representantes do Comércio, para tratar dos interesses e problemas que afetavam a categoria dos Representantes Comerciais, como por exemplo a regulamentação profissional. Neste evento muitos avanços foram obtidos, principalmente no que se refere à regulamentação, como já foi dito, e a valorização profissional da Classe nas Américas, tendo sido tratados aspectos legais importantes que motivaram, entre várias coisas, a criação do Conselho Federal dos Representantes Comerciais e dos CORE’s em 1965 e a instalação do CONFERE em 1966. O que isso significa? Bem, a princípio nos parece apenas fatos históricos, mas, por trás disso tudo está o que somos hoje, ou seja, uma Classe valorizada, regulamentada e acima de tudo, respeitada! A partir da criação do CONFERE e dos CORE’s em todo o Brasil, estabeleceu-se regras de atuação e de conduta que mudaram completamente o cenário da Representação Comercial, promovendo a Classe a um patamar profissional elevadíssimo, pois a percepção geral da época e até hoje é a de que o Representante Comercial é o grande veículo do progresso e das relações comerciais em todos os níveis. Podemos afirmar que aquele encontro de 1937 foi o grande marco para a Representação Comercial, pois embora hoje vivamos num mundo cheio de novas tecnologias, novas possibilidades, facilidade de comunicação e interatividade, nada disso teria aplicabilidade se aquelas pessoas não tivessem traçado um novo rumo para que nós, hoje, pudéssemos desenvolver nossas atividades comerciais com segurança e a convicção de que o Representante sempre será o grande elo entre os produtores e os consumidores. Visualizamos um futuro explêndido, onde tudo é possível. Os desafios estão aí para serem vencidos. Importante mesmo é saber e valorizar tudo o que os nossos antepassados nos deixaram, e também deixar caminhos abertos aos nossos sucessores para que toda esta experiência acumulada exerça um forte respaldo a essas gerações futuras para que elas alcancem, degrau por degrau, o sucesso que está sendo construído desde Buenos Aires, 1937. Como dizem alguns filósofos, quem não valoriza o passado não compreende o seu papel no presente, e terá um futuro duvidoso. Assim, encerro esta mensagem, enaltecendo estas pessoas que trabalharam para que tenhamos, hoje, condições favoráveis e tranquilidade para exercer a nossa profissão, sempre lembrando da frase do nosso grande Patrono, Dr. Plínio Affonso de Farias Mello: “O Representante Comercial é o Bandeirante do progresso nacional”. Arlindo Liberatti Presidente do CORE-SP

Exibições: 183

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço