Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Analistas veem Vale no caminho certo; HSBC lista 6 razões para otimismo com empresa

Analistas veem Vale no caminho certo; HSBC lista 6 razões para otimismo com empresa

 
 Por InfoMoney
Além disso, anúncio de venda de participação na VLI aumenta visibilidade no segmento; ação da companhia está atrativa

 
 

Analistas veem Vale no caminho certo; HSBC lista 6 razões para otimismo com empresa

SÃO PAULO - A venda da participação na VLI pela Vale (VALE3;VALE5) deve aumentar a visibilidade da divisão logística da mineradora, mal precificada pelo mercado, segundo avalia o HSBC. Já os analistas do Bank of America Merrill Lynch, - assim como do HSBC - destacam que, com o anúncio de venda de participação na operadora logística, a companhia está na "direção certa".

De acordo com os analistas Leonardo Correa e Luiz Fornari, do HSBC, embora a administração viesse discutindo publicamente a operação há algum tempo, o anúncio é um passo importante para aumentar a visibilidade do segmento. Além disso, está em linha com a estratégia da Vale se desfazer de ativos não estratégicos.

Os analistas do HSBC seguem com opinião positiva sobre a companhia, baseando-se em seis motivos: o primeiro, a melhora da atividade na China; o segundo, os preços de minério de ferro acima das expectativas e em meio às projeções de um mercado mais balanceado em 2014 e, em terceiro lugar, o sucesso em realizar os cortes de custos. Em quarto, quinto e sexto lugar estão, respectivamente, as projeções por resultados sólidos no terceiro trimestre, os possíveis benefícios com a valorização do câmbio e os níveis razoáveis de avaliação dos papéis da companhia , negociados a patamares atrativos.

Além da ação da Vale, a venda da VLI também teve números bastante positivos; a operadora de logística foi avaliada perto de R$ 7,5 bilhões em termos de post-money, um nível considerado atrativo para um "segmento em que o mercado atribui pouco ou nenhum valor".

"Embora essa operação mude pouco o atual saldo de caixa da Vale (porção secundária de apenas R$ 700 milhões) e ainda existam algumas incertezas a respeito do potencial de crescimento da VLI, acreditamos que esta é outra demonstração do compromisso da Vale em liberar valor e se concentrar em sua atividade principal", avaliam os analistas do HSBC. Já os analistas do BofA, Thiago Lofiego e Karel Luketic, a venda de ativos deve preservar o caixo em caso de futuros gastos da companhia.

Reiterando compra

Os analistas do BofA mantêm recomendação para as ações da mineradora com preço-alvo de R$ 44,00 por ação VALE3, destacando também a expectativa por um segundo semestre mais forte e o sucesso com o corte de gastos e a melhora da economia chinesa.

Já o HSBC segue com recomendação overweight (exposição acima da média do mercado) com preço-alvo de R$ 41,00 por ativo VALE5, ação está que compõe a carteira do banco dos mercados emergentes globais do HSBC.

Exibições: 84

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de Antonio Silverio Paculdino Ferre em 24 setembro 2013 às 11:13

Para leigo, muito fácil de entender. A logística não é fundamental para a Vale? O valor apresentado, teria comprador? O que vale é 3, vale 5? Seria jogo de truco?

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço