Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Após prejuízo recorde, Eletrobras está perto de virar uma Petrobras

 

A tática é aparelhar, descapitalizar  e  entregar  para um desses  paises que  imprimem  moeda  à  vontade  para  comprar o que  fica abaixo ,  e baratinho,  da linha  do Equador: com  dólar e  Euro, moedas falidas. Na indústria  têxtil  , pensando do setor  químico, só vai  ser  fabricado no   Brasil  o  balde. Pensando bem talvez nem  isso. Haverá  sempre  um técnico têxtil representando uma fábrica  de  baldes. Suíça.

 

 

Após prejuízo recorde, Eletrobras está perto de virar uma Petrobras

UOL

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1254292-apos-prejuizo-recorde-...

Com planos de um dia se tornar uma Petrobras, como queria a então ministra Dilma Rousseff, a Eletrobras tem no maior prejuízo da sua história, e da história do país, a chance de chegar mais perto desse objetivo.

Corte na tarifa de energia faz Eletrobras ter o maior prejuízo de s...

Assim como a estatal do petróleo fez no plano de negócios, a holding do setor elétrico trouxe o seu balanço para a realidade das novas regras do setor de energia elétrica, sofrendo um baque negativo de R$ 10 bilhões na reavaliação dos ativos.

E, assim como a estatal do petróleo, a transparência em reconhecer as perdas no resultado do ano passado agradou ao mercado, que ontem deu um voto de confiança ao plano de investimentos de R$ 52 bilhões com a alta expressiva das ações.

O plano tem como base o aumento de receita com novos projetos, possíveis privatizações das distribuidoras de energia deficitárias e um plano de demissões voluntárias, que já estava na gaveta havia pelo menos um ano. Uma cesta de boas notícias para uma empresa apelidada pejorativamente de "elefante".

Criticada pela vocação para nomeações políticas e nem sempre alinhadas com a eficiência, a Eletrobras mudou seis vezes de presidente durante os governos Lula e Dilma, lançando a cada novo titular esperanças de mudanças nunca concretizadas. Uma delas, a internacionalização da empresa, apesar de aprovada no Congresso, caminha lentamente.

Assim como a Petrobras sofre com os preços defasados da gasolina em relação ao mercado internacional, a Eletrobras teve a sua geração de caixa comprometida pela redução das tarifas elétricas.

E teve que assumir as superobras estruturantes do setor elétrico, da mesma forma como a Petrobras precisa impulsionar a indústria nacional de fornecedores.

Sem a presença da estatal nos consórcios, nenhuma privada entraria em projetos como as hidrelétricas do rio Madeira ou Belo Monte.

Agora, obrigada a ser mais enxuta, talvez a empresa perca o apelido pejorativo de "elefante" no mercado. E, assim como está acontecendo com as ações da Petrobras, talvez passe a fazer parte da carteira de acionistas de longo prazo, que vão apostar no aumento da receita que os novos projetos devem proporcionar. Assim como acontece com o pré-sal.

Alex Argozino/Editoria de Arte/Folhapress

Exibições: 157

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de Romildo de Paula Leite em 5 abril 2013 às 9:51

  O governo tem que colocar esse elefantes para andar e emagrecerem para ficarem mais enxutas. E deixarem de ser cabides de empregos para os políticos e apadrinhados, com salários altíssimos.

Comentário de Antonio Silverio Paculdino Ferre em 4 abril 2013 às 17:27

A redução de tarifa entrou em vigor em fevereiro deste ano e, portanto, nada tem a ver com prejuizo de 2012. É má gestão mesmo!

Comentário de Oscar da Silva em 30 março 2013 às 17:20

Norma, do Le Park Meridien Hotel em NY.

No brunch vc pode pedir o Zillion Dollar Frittata, por US$ 1.000. É a mais cara omelete do mundo.

E sabe qual a primeira coisa que o chef faz para conseguir essa iguaria? Ele quebra os ovos...


Comentário de petrúcio josé rodrigues em 29 março 2013 às 12:18

digo: é  de  fato algo inerte sem planejamento.

desculpe ompanheiro, existe sim planejamento, nos moldes do eike batista onde o subtefúgio é evidente.

em tudo existe um trambique evidenciado.

te nho saudade  dos portugues, que  se interessavam mais  em se  divertir com cachaça  e as indias

brasileira.

ao cabral e  sua turma, ainda  devemos  tirar o chapéu porque  foram desbravadores.

o lulismo e o petismo, ele  estão implantando o reinado de  ALIBABA.

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 29 março 2013 às 12:11

edson bittencourt,

bom dia  e  excelente  feriados.

petrobras  e  eletrobras, foram e  continuam  dentro do projeto astronômico de tranformação. qual seja, a  tranformação  de monstros  embalsamados  e sem vida.

o PT é um partido acéfalo e  sem interesse de  transparência. ou melhor, tudo que  se  faz e pensa é  de  f

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço