Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Caminhos que o Varejo precisa considerar para 2021

Caminhos que o varejo precisa considerar para 2021

O ano de 2020 está quase acabando, mas pelo cenário de desafios que ainda se vê pelo mundo, principalmente em termos de saúde pública, economia e desemprego, eles ainda pretendem nos acompanhar em 2021. E foi por isso que a SuperVarejo quis saber no bate-papo de ontem (dia 8), com o sócio-diretor da Retail Knowledge e presidente do Inspara, João Carlos Lazzarini, o que os varejistas podem fazer para amenizar essa situação.

Na opinião do especialista em varejo, com mais de 40 anos de experiência no varejo nacional, as saídas passam pelo que ele chama de os 5 Cs da relação que precisa haver entre o varejo e o cliente: confiança, conhecimento, comunicação, colaboração e consistência.

“Elaborei os 5Cs, a partir de um elemento que me chama muito a atenção: padecemos de uma falta de confiança, de forma generalizada pelo mundo. E no caso do Brasil, nos deparamos este ano com uma verdade dura. O País, que sempre foi considerado otimista, está vivendo um dos mais baixos índices de confiança da sua história, conforme o estudo da Nielsen, com uma queda de 26 pontos, caindo de 97 para 71, durante o período de pandemia”, explica Lazzarini.

Diante dessa realidade e da nova relação do cliente com o cenário de 2021, ele destaca que os varejistas vão precisar considerar as rupturas que vão continuar havendo nos empregos dos brasileiros, além das ferramentas tecnológicas que estão sendo implantadas. “Nem todo mundo tem internet ou emprego. De acordo com o levantamento da Nielsen, durante está pandemia, já são 17 milhões de novos pobres na América Latina, que devem se somar aos mais de 340 milhões preexistentes. Eles comem, vestem, possuem necessidades objetivas e subjetivas, e são consumidores e potenciais clientes. Então, qual será sua proposta de valor, varejista? Quem é você? Antes de criar áreas de oportunidades é importante saber como e pra quem”, ressalta.

Por onde começar em 2021?

Na opinião de Lazzarini, as lições de 2020 mostraram que no caso do varejo, o sortimento continua sendo uma preocupação importante. E uma prova disso também foram os resultados trazidos pela Nielsen, mostrando que 52% da população impactada pela Covid e preocupados com a saúde, passaram a pedir comida especial pelo delivery, como forma de variar o cardápio, ao mesmo tempo em que passou a preparar mais os seus alimentos dentro de casa.

“Apesar de tudo, acredito que o mundo vai sair melhor de tudo isso melhor. Vejo o nível de preocupação maior que algumas pessoas estão tendo, por exemplo, em diferentes áreas, para buscar alternativas e apoio. Ou seja, temos dentro da gente um lado bom e o outro ruim. E buscar essa razão de ser começa pos nós mesmos e é a chave para entendermos a quem a gente serve”, conclui.

Fonte: Super Varejo

http://sbvc.com.br/caminhos-considerados-varejo-2021/

Exibições: 23

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço