Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Empreendimentos apostam em novos serviços, localização geográfica e outros diferenciais para continuar a atrair o público.

O cenário recessivo e a busca do consumidor por produtos mais baratos faz com que as atenções se voltem para os outlets que surgiram embalados pelo crescimento do varejo no país. A partir de 2013 foram lançados vários empreendimentos que, hoje, representam 12% do total de shoppings especializados, de acordo com a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), sendo que em 2012 seu espaço era de apenas 6%. Esses complexos atraíram redes de varejo nacionais e internacionais antes da queda do poder de compra da classe média. Agora, as empresas apostam em diferenciais competitivos para atrair o consumidor.

A proximidade com a capital paulista e a integração com outros serviços é um dos apelos do Catarina Fashion Outlet, lançado em outubro de 2014 pela JHSF com investimentos de R$ 102 milhões. Conta com 90 lojas e é parte de um complexo urbanístico integrado, composto por um aeroporto executivo e torres comerciais em uma área total de 7 milhões de metros quadrados. Localizado em São Roque, na rodovia Castelo Branco, desde o início das operações já ultrapassou a marca de 1 milhão de visitantes. De acordo com a empresa, circulam pelo centro de compras uma média de 200 mil pessoas por mês, dentro do previsto para o primeiro ano de atuação. O público alvo são consumidores das classes A e B que circulam ou viajam pela rodovia, além de moradores das cidades de São Roque, Mairinque e região.

Neste ano a JHSF prevê ampliar a área do Catarina Fashion Outlet em aproximadamente 4 mil metros quadrados, com a abertura de mais 25 lojas até outubro, sendo que boa parte dos espaços já foi comercializada. A empresa mantém a previsão de expandir em mais 6 mil metros quadrados de área locável em 2016. Entre as marcas presentes estão Adidas, Armani, Animale, Bobstore, Brooksfield, Burberry, Calvin Klein, Carolina Herrera, Ellus, Intimissimi, L’Occitane, Hugo Boss, Kate Spade, Michael Kors, Morena Rosa, Osklen, Tory Burch, Yachtsman, que praticam descontos entre 30% a 80%.

Em novembro de 2014, foi inaugurado o Off Outlet Fashion Fortaleza que fica no município de Caucaia, no Ceará, a 15 km do centro da capital, no circuito das praias. O empreendimento tem 80% de sua área bruta locável em operação e deve chegar a 100% até o final do ano com 90 lojas. “O centro de compras se insere na vocação turística da região que recebe brasileiros e estrangeiros, principalmente europeus”, afirma a superintendente do Off Outlet, Alessandra Rebouças. Na opinião dela, crises ocasionais não devem afetar esse tipo de empreendimento cujo mercado cresce em todo o mundo e tem estratégia de longo prazo.

Hoje o nordeste conta com dois outlets em operação, no Ceará e em Pernambuco, e dois em planejamento. “Essa expansão se explica pelo potencial turístico da região e pelo interesse das grandes marcas em ter presença fora do eixo tradicional dos shoppings”, avalia a executiva. O Off Outlet teve investimentos de R$ 80 milhões e conta com grifes como Nike, Calvin Klein, Lacoste, Levi's, Oakley, Richards, Salinas, Ellus, Polishop, Kipling, M.Martan, Le Lis Blanc, Bo.Bô, John John, Noir, Planet Girls, Rosamango, Rosa Chá, Handara, Asics, TNG, Sawary, Maresia, Arezzo e Schutz. Circulam pelo centro de compras em torno de 20 mil pessoas diariamente. “Para nós, o verão é alta estação e esperamos um incremento desse fluxo”, ressalta Alessandra.

Ana Luiza Mahlmeister

http://www.gbljeans.com.br/noticias_view.php?cod_noticia=6191

Exibições: 177

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço