Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Gafes? 10 ações de marketing que saíram pela culatra em 2014

O outdoor de Suárez não está sozinho. Confira os produtos e campanhas saíram do roteiro para as marcas em 2014 - até agora

Problemas inesperados

São Paulo - “Teria a Adidas previsto a mordida de Suárez?”, pergunta um usuário no Twitter. O motivo é o outdoor da marca com o jogador uruguaio posando de dentes escancarados, e que desde a mordida que o retirou da Copa virou ponto turístico e cenário de brincadeiras para torcedores no Rio.

A coincidência foi inesperada para a patrocinadora do atleta, que antes disso havia anunciado a suspensão de toda a publicidade com o jogador até o fim do mundial, numa tentativa de desassociar sua imagem à do atacante. Mas o barulho já acontecia espontaneamente nas ruas, e a medida saiu tarde demais - para o bem ou para o mal da empresa, pois há quem diga que o episódio ajudou a promover o anúncio da marca.

Nem sempre as ações de marketing saem como o roteiro planejou, e a empresa de artigos esportivos é só a mais recente de uma lista grande casos duvidosos ao longo de 2014. Relembre alguns nas imagens a seguir.

Campanha da Adidas com o uruguaio Luis Suárez

A piada da vez

Não deu tempo: no mesmo dia em que a Adidas anunciou que suspenderia as campanhas com Suarez, jogador do qual é patrocinadora, um outdoor com o atleta virou ponto de peregrinação no Rio. O anúncio com o uruguaio, que ironicamente aparece com os dentes escancarados, tornou-se cenário para torcedores que fingem serem abocanhados no braço ou no pescoço em Copacabana. Há quem diga, por outro lado, que o episódio garantiu exposição muito além do esperado para a marca.

Torcedores fazem piada com outdoor com Suarez no Rio

Somos todos macacos?

Ocorrida em abril, a ação dividiu opiniões e dominou conversas no Brasil inteiro. Quando Neymar publicou uma foto, ao lado de seu filho, em apoio ao jogador vítima de racismo Daniel Alves, críticos acusaram a ação criada pela agência Loducca de “falta de espontaneidade”. O saldo ficou dividido entre uma enxurrada de críticas e a repercussão internacional através de prêmios, como no festival de publicidade Cannes Lions, que ocorreu neste mês.

O jogador Neymar com seu filho, em apoio a Daniel Alves, do Barcelona

A foto falsa

Em sua página no Facebook, a marca BomNegócio.com publicou um post que deveria ser inocente - um casal de usuários que supostamente havia enviado uma fotografia em que comemoravam  o carro novo comprado através do site. O problema? A foto foi retirada de bancos de imagens como Getty Images e ShutterStock. Imediatamente, a gafe virou meme e material para piada internet afora.

Post do Bom Negocio.com

Desastre "aéreo"

Era para ser só mais uma conversa costumeira de relacionamento com o cliente no Twitter. Mas a publicação no perfil oficial da US. Airways gerou o caos. Uma consumidora que reclamava de um voo atrasado foi respondida com uma imagem pornográfica e o erro da empresa, é claro, não foi perdoado pela internet. Alguns dias negros se seguiram para a imagem da marca, que ainda demorou mais de uma hora para apagar o tuíte original.

Imagem pornográfica em Twitter da US Airways

O apelo sexual da Adidas

A Adidas também passou por maus bocados com o lançamento de uma coleção sobre o Brasil no começo deste ano. Acusadas de incentivar o turismo sexual, as camisas tinham estampas como "Looking’ to score", que pode ser traduzida por "em busca dos gols", mas também é uma gíria que significa "pegar garotas". Ao lado, um desenho de uma mulher de biquíni. Por conta da recepção negativa, as vendas foram suspensas. 

Camiseta com mensagem de duplo sentido da adidas vendida nos Estados Unidos

Avon e as cobranças femininas

O tema da campanha Quilinhos, da Avon, era a conversa de uma mulher com sua imagem no espelho. Equilibrando broncas e elogios, a personagem discute os efeitos do exagero na comida na noite anterior. A marca não contava com a reação das internautas, que criticaram as cobranças e o que chamaram de “incentivo a paranoia feminina”. A Avon pediu desculpas e o vídeo foi retirado do ar.

Campanha da Avon causa impacto negativo na web

Photoshop vergonhoso

Depois de revistas e anúncios, a Target aumentou a lista de  e-commerce que erram a mão do Photoshop. A loja de departamento distorceu de maneira vergonhosa a silhueta de uma modelo. Para alongar as pernas de uma jovem que aparece vestida de biquíni em sua loja virtual, a rede decidiu cortar entre as pernas da imagem. O erro gerou tanta repercussão que a empresa apagou o link e se retratou publicamente

Target se desculpa por ter usado Photoshop vergonhosamente

Gafe da Apple e do New York Times

Um anúncio da Apple no jornal americano New York Times acabou protagonizando uma gafe com o acidente de avião da Malásia no começo deste ano. A versão para tablet do veículo destacou uma propaganda da marca com um homem usando o iPad Air embaixo d’água. Na mesma página, a notícia do desaparecimento do avião da Malaysia Airlines no mar acabou gerando desconforto, apontado por internautas. Ambas as marcas pediram desculpas.

Gafe Apple e New York Times

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/gafes-10-acoes-de-mark...

Exibições: 228

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço