Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Importações chinesas de fios de algodão quase dobraram em 5 anos

Importações chinesas de fios de algodão quase dobraram em 5 anos

As importações chinesas de fios de algodão quase dobraram entre 2008 e 2012, quando as tecelagens do país compraram um recorde de 1,53 milhão de toneladas, de acordo com dados da consultoria INTL FCStone. De janeiro a agosto de 2013, as importações somaram 1,37 milhão de toneladas de fios de algodão, o que indica um novo recorde em 2013.

Esta é uma mudança que transforma o mercado global de algodão. O aumento das importações do produto semiacabado é resultado da política do governo de estocagem de algodão bruto. Essa política inflou, artificialmente, os preços domésticos da fibra e tirou muitas fiações do mercado.

As reservas estatais chinesas são de, aproximadamente, 10 milhões de toneladas, de acordo com analistas. Mas a agência governamental que administra esses estoques deve começar a liberar parte das reservas antes do fim do ano, afetando a demanda por algodão bruto de outros países como os Estados Unidos.

As importações de fios de algodão, no entanto, devem continuar firmes, o que deve impulsionar a demanda por algodão bruto em países especializados em fiação. No Paquistão, por exemplo, as importações de algodão bruto triplicaram desde que a China começou a estocar o produto, em 2011. Na Índia, as importações mais do que dobraram, segundo estimativas do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). Além disso, fios de algodão são isentos de tarifa

Exibições: 189

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço