Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

O gigante déficit do setor têxtil e de confecção

O gigante déficit do setor têxtil e de confecção

fonte: InterFace

Nos primeiros sete meses de 2014, o déficit na balança comercial do setor têxtil e de confecção brasileiro aumentou 6,02%, passando de US$ 3,19 bilhões (no mesmo período do ano passado) para US$ 3,38 bilhões, neste ano.

De janeiro a julho de 2014, as importações totais de têxteis e confeccionados, cresceram 3,74%, em valor, passando de US$ 3,93 bilhões para US$ 4,07 bilhões, se comparado com o mesmo período de 2013. Este aumento foi de 6,20% em toneladas (excluída fibra de algodão). Já as exportações no período caíram 6,13%, passando de US$ 739,4 milhões para US$ 694,1 milhões, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Em julho, as exportações de têxteis e confeccionados cresceram 7,71%, em valor, passando de US$ 97,2 milhões para US$ 104,7 milhões. Este aumento foi de 8,82% em toneladas, em relação a julho de 2013.

Já as importações de têxteis e confeccionados no mês, aumentaram 12,77% em valor, passando de US$ 571,7 milhões para US$ 644,7 milhões, enquanto que o crescimento do déficit na balança comercial no período foi de 13,8% em relação ao mesmo período de 2013.

As informações são do MDIC e da Abit.

Exibições: 88

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Comentário de petrúcio josé rodrigues em 25 agosto 2014 às 22:02

Caro Romildo,

o amigo foi longe buscar o termo "BRABO".

no nordeste principalmente em pernambuco e alagoas, o termo significa: muito ruim, muito difícil, e outros.

são reflexos de um governo parcimonioso, que celebra convênios internacionais, sem contudo pensar na economia, digo no pequeno empresário.

quando pensamos no projeto PRIMAVERA, todos tínhamos o propósito de blindar a economia do Têxteis.

a China se prepara para aumentar as exportações de produtos têxteis.

já fechamos grande parte das empresas tradicionais.

E AGORA JOSÉ????????????????????

teremos que conviver com o brabo, e com muito brabo. vai faltar fôlego!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Comentário de Romildo de Paula Leite em 25 agosto 2014 às 20:48

  Caro Petrúcio , o negocio está brabo.

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço