Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Pesquisa aponta otimismo do varejo para o Dia das Crianças

A Pesquisa Serasa Experian de Expectativa Empresarial, para o Dia das Crianças 2012, apurou que 52% dos entrevistados esperam aumento do faturamento, em relação a mesma data no ano passado. Para 35%, o faturamento será igual ao de 2011 e para 13% cairá. A consulta entrevistou 991 executivos do varejo e foi a campo de 3 a 12 de setembro.

Na análise por porte, as grandes empresas são as mais otimistas, pela opinião de 71% de seus varejistas. Nas médias, a parcela dos que esperam aumento do faturamento é de 59%, e nas pequenas, de 52%. Já no levantamento regional, o destaque é para a região Sul, com 55% de seus varejistas otimistas em relação ao faturamento neste Dia das Crianças. Em seguida, vem o Nordeste (54%); depois o Norte (49%); seguida por Sudeste (48%) e Centro-Oeste (46%).

Presentes

Os presentes mais ofertados neste Dia das Crianças 2012 serão brinquedos, eletrônicos, roupas, sapatos e acessórios, além de jogos eletrônicos, celulares e smartphones. O gasto médio com presentes será assim distribuído: 36% até R$50; 37% de R$51 a R$100; 19% de R$101 a R$200; 4% de R$201 a R$300; 3% de R$301 a R$500 e 1% mais de R$500.

Em 2012, as vendas serão, em sua maioria, à vista, alcançando o índice de 40% em dinheiro. Em contra-partida, 26% serão em cartão de crédito, seguidas por 20% em cartão de débito, 12% em cheques; 1% em cartão da loja e 1% na categoria “outros”.

Neste ano, o Dia das Crianças apresenta uma recuperação na estimativa para o faturamento, pois 52% apostam em alta. Cabe lembrar que depois do Dia das Mães (56%), a parcela de otimistas sobre o faturamento nas datas seguintes caiu: Dia dos namorados (49%) e Dia dos Pais (41%). Essa melhora no otimismo do varejista decorre da redução das taxas de juros e dos estímulos ao consumo estabelecidos pelo governo.

As grandes empresas do varejo continuam mais otimistas, isto porque oferecem condições de parcelamento mais atrativas aos consumidores. Chama a atenção também que depois de anos, a região Sul volta a ser a mais otimista em relação a uma data do varejo.

FONTE: JORNAL AGORA

Exibições: 72

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço