Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

PIB do Brasil vai superar apenas o do Paraguai entre sul-americanos

PIB do Brasil vai superar apenas o do Paraguai entre sul-americanos

Para a Cepal, País deve encerrar o ano com expansão de 1,2%, abaixo da média da região (2,7%) e em linha com o Caribe (1,1%)

11 de dezembro de 2012 | 19h 51
Iuri Dantas, da Agência Estado

BRASÍLIA - O impacto da crise financeira na indústria e a queda dos investimentos produtivos farão com que a economia brasileira termine o ano na lanterna do crescimento da América do Sul, com expansão de 1,2% em 2012. Somente o Paraguai, cuja economia deve encolher 1,8%, terá desempenho pior do que o brasileiro. As estimativas foram divulgadas hoje pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), que espera para o ano que vem a primeira aceleração da economia no governo Dilma Rousseff.

Para 2013, a entidade projetou um aumento de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, lastreado em medidas já anunciadas, como desoneração da folha de pagamento para alguns setores, queda da taxa de juros e depreciação de mais de 30% na taxa de câmbio. Embora distantes dos 7,5% de crescimento econômico registrados no Brasil em 2010, a Cepal ainda se mostra mais otimista do que o mercado financeiro, que espera crescimento de 1,03% para este ano e 3,5% para o ano que vem.

A estimativa para o desempenho do PIB deste ano mostra a segunda revisão para baixo feita pela Cepal em dois meses. Em setembro, a comissão apostava em avanço de 3,2%. Em outubro, a projeção caiu para 1,6%. Agora, está em 1,2%. Os números da Cepal chamam atenção pelo fato de permitir a comparação entre países que possuem economias similares à brasileira, com forte dependência da exportação de commodities e mercados internos em expansão.

Nesta comparação, a economia brasileira vai crescer abaixo da média da América do Sul (2,7%), abaixo da média da América Latina e do Caribe (3,1%), abaixo da América Central (4,2%) e em linha com o Caribe (1,1%) em 2012, de acordo com o Balanço Preliminar das Economias da América Latina e Caribe.

Uma curiosidade é que o Brasil vai crescer o mesmo que El Salvador neste ano. O país era conhecido por ser uma "república de bananas", por ter governos instáveis e influenciáveis, além de ter a fruta como principal produto exportado durante muitos anos

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XVI

Comentário de Beltrame, Antonio B. em 13 dezembro 2012 às 10:52

Tai posto na rua o nosso Brasil..sil governado pelo PT!!!  Lembro-me do NINEFINGER vociferando que havia recebido uma herança maldita, então o que dizer agora, o que será que receberá o proximo presidente, se é que receberá alguma coisa devido ao apego e a vontade de subtrair valores tão claramente demosntrado pelo PT...

© 2024   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço