Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

Potência transformadora de mulheres ganha espaço em evento de empreendedorismo

Na Expert XP 2022, debate comandado por empreendedoras abriu espaço para entender a importância de ações para promover a força feminina

Empreendedoras debatem em painel do XP ExpertEmpreendedoras debatem em painel do XP ExpertJoão Veiga, CNN Brasil

O protagonismo feminino nas mudanças da sociedade ganhou destaque no evento da Expert XP 2022. O evento que voltou a ser presencial este ano, discute investimento, empreendedorismo, tecnologia, ESG e ações inovadoras. No final desta quarta-feira (3), primeiro dia de debates, estiveram presentes relevantes nomes que participaram da palestra “Mulheres que Transformam”. Entre eles, personalidades que estão escrevendo novas histórias e mudando estruturas da sociedade que ainda as oprime.  

Uma das maiores influenciadoras do Brasil e criadora da festa ‘farofa’, a atriz e influenciadora digital Gkay destacou a importância dos microinfluenciadores. Segundo ela, esse deve ser o novo foco das empresas, que deverão investir em pessoas que entendem as plataformas e as ações de influência como um negócio. 

Apesar de ser famosa atualmente, Gkay não era reconhecida como uma mulher com potencial de sucesso no início da carreira. Por isso, ela reforça que é importante não desistir, mesmo quando outras pessoas não acreditam em você.

Quando a gente está no deserto, a gente tem que caminhar. Mesmo que você não veja nada, caminhe. A internet foi que me deu espaço, me recebeu, me abraçou quando ninguém me queria.

Gkay, atriz e influenciadora digital

Outra palestrante importante do evento foi Adriana Barbosa, CEO do Preta Hub e idealizadora da Feira Preta, evento criado para que marcas se aproximem desse público. Durante o debate, ela relembrou como mulheres negras lidam com desafios para estabelecer representatividade, mesmo em um país em que 56% da população é negra.

De acordo com Adriana, isso acontece porque mulheres pretas enfrentam desafios de várias intersecções, que potencializam a discriminação. A empresária, no entanto, lembrou ainda que mulheres negras precisam ir além, ocupando espaços iguais, não apenas simbolizando-os.

O desafio hoje é ultrapassar a linha da representatividade, de ser uma figura ilustrativa, uma token.

Adriana Barbosa, CEO do Preta Hub e idealizadora da Feira Preta

Se juntando ao discurso de Gkay e Adriana, estava Nathália Arcuri, CEO do canal Me Poupe. A empresária reforça a importância da autonomia financeira. Nathália destacou um ponto importante da sociedade, que é a dependência financeira na qual vítimas de violência ainda vivem sob o teto do seu agressor.

Me tornei uma mulher livre quando conquistei minha independência financeira. Isso me ajudou nas minhas escolhas e nas minhas decisões.

Nathália Arcuri, CEO do Me Poupe

Adriana Barbosa complementou ainda sobre a importância de promover o autocuidado, em especial para mulheres negras: “Muitas vezes, estamos cansadas de lutar. Não pode ser só resistência. Será que eu estou me colocando na minha agenda?”, completa. 

Letícia Vidica e Carol Raciunasda CNN

São Paulo

https://www.cnnbrasil.com.br/business/potencia-transformadora-de-mu...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 30

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XV

© 2022   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço