Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Preço do imóvel sobe pouco e alimenta conversas sobre bolha

Preço do imóvel sobe pouco e alimenta conversas sobre bolha

Por InfoMoney

SÃO PAULO – O aumento anual do preço médio do metro quadrado anunciado no Brasil desacelerou novamente em abril, pelo quinto mês consecutivo. O Índice FipeZap Ampliado registrou aumento de 11,8% em comparação com o mesmo mês de 2013.

Dados mostram que apenas em Fortaleza o aumento mensal em abril foi maior do que a variação esperada para o IPCA (Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo), que é de 0,80. Ou seja, nas outras quinze cidades, a variação mensal foi menor do que o aumento esperado para os demais preços da economia.

Mais uma vez, a fraca alta dos preços dos imóveis vem alimentar conversas sobre uma bolha imobiliária no Brasil. Com o mercado voltando a dar sinais de desaquecimento – com a desaceleração de vendas ao mesmo tempo em que o preço fica parado –, mostra-se que os preços estão em um patamar já tido como "irreal", onde há poucos compradores. Alguns economistas argumentam que uma correção é necessária e virá já nos próximos meses.

Metro quadrado

No acumulado do ano, as dezesseis cidades registram aumento médio de 2,48%, variação também menor do que a inflação do período, de 2,99%. A cidade de Fortaleza lidera com a maior alta dos preços (4,04%), enquanto Porto Alegre apresenta a maior queda (-1,63%). Em São Paulo a alta no ano até o momento é de 2,85%, valor muito próximo ao da inflação do período.

Os valores médios do m² em abril ficaram entre R$ 10.538 (Rio de Janeiro) e R$ 3.937 (Vila Velha). Em São Paulo foi de R$ 8.003 e a média das 16 cidades foi de R$ 7.455. Veja abaixo a tabela completa:

Cidade                              Preço do m²

Fonte:    FipeZap

Rio de Janeiro                  R$ 10.538

Brasília                             R$ 8.155

São Paulo                         R$ 8.003

Niteroi                              R$ 7.351

Recife                               R$ 5.751

Belo Horizonte                 R$ 5.424

São Caetano do Sul          R$ 5.398

Fortaleza                          R$ 5.322

Florianópolis                    R$ 5.217

Curitiba                            R$ 5.084

Porto Alegre                     R$ 4.751

Santo André                      R$ 4.683

Vitória                              R$ 4.634

São Bern.de Campo           R$ 4.435

Salvador                           R$ 4.341

Vila Velha                         R$ 3.937

Média Nacional                 R$ 7.455

Exibições: 44

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço