Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Roberto Davidowicz da Uma é o novo presidente da ABEST

Valdemar Iódice, que ocupava o cargo, fica como vice-presidente

A Associação Brasileira dos Estilistas, a ABEST, acaba de anunciar que o empresário Roberto Davidowicz, da Uma , é o novo presidente da entidade. Davidowicz substitui Valdemar Iódice, que agora ocupa o cargo de vice-presidente. Uma de suas metas da nova diretoria é ampliar a presença das marcas brasileiras no mercado internacional. Atualmente a ABEST conta com 95 grifes associadas e está presente na América, Europa e Ásia.

O resultado da eleição para o novo quadro diretivo elegeu representantes para 11 cargos. O mandato de três anos também terá Paulo Lourenço Bartholomei, da grife Cecília Prado como vice-presidente executivo; Gélio Costa Medeiros, da marca Martha Medeiros, como tesoureiro; além dos estilistas Oskar Metsavaht , Marcelo Quadros e Alexandre Herchcovitch como conselheiros. O Conselho Fiscal traz as marcas Uma, Poko Pano , Remalola e Iódice representadas respectivamente por Valdir Thomas, Paola Robba, Maria Pidner e Maria Luiza Mitidiero.

"A ABEST completou dez anos e está em um importante momento de expansão. Crescemos 57% em marcas associadas no último ano e hoje fomentamos a exportação de produtos para 66 nações. Também queremos crescer em iniciativas pioneiras, inspirados no que já conquistamos, como a chegada da moda brasileira na China e o aumento de negócios com compradores nacionais e internacionais promovido por ações como o Salão +B", afirma Roberto Davidowicz.

Em 2014, ABEST seguirá com diversas outras iniciativas em prol do design brasileiro, como o blog sobre marcas brasileiras no portal da Vogue China, os cursos para estilistas e empresários da Academia ABEST de Formação Empreendedora, além de novas estratégias para o momento de destaque do Brasil com a Copa do Mundo para promover ainda mais a presença constante da moda brasileira em novos mercados.

Novos Nomes

Criada em 2003, a Associação Brasileira de Estilistas tem como objetivo fortalecer e promover o design e a moda brasileira. Neste primeiro semestre de 2014, como parte do planejamento de ações, a ABEST ganhou 35 novos nomes da moda brasileira em seu portfólio - marcas que aderiram à associação no último ano para integrarem ações pioneiras do setor, como participação em desfiles, feiras e showrooms em diferentes partes do mundo. No último ano, as iniciativas da entidade contabilizaram cerca de R$ 40,5 milhões em negócios para grifes de diferentes partes do país.

Entre as ações estratégicas realizadas pela associação no último ano estão as duas edições do Salão B, que rendeu R$ 13,5 milhões em vendas e o crescimento das exportações para compradores internacionais através de 1.308 contatos realizados pela entidade, que geraram US$ 8 milhões (aproximadamente R$ 19 milhões).

"A ABEST reúne marcas que representem a autêntica moda brasileira e tem a missão de promover o DNA do design nacional em importantes polos do mundo fashion, como EUA, Europa e também em novos e promissores mercados como a China, onde estreamos em 2013 com a participação nas feiras ENK Mode Shangai e Chic Young Blood", afirma o EX-Presidente da ABEST e estilista Valdemar Iódice. Além de viajar o mundo para promover a moda brasileira, a ABEST também trouxe compradores de diferentes nacionalidades e de importantes lojas para visitarem showrooms nacionais. Entre as marcas que estreitaram relações com nossos estilistas estão: Galeries Lafayette (França), Selfridges (Reino Unido) e Bergdorf Goodman (EUA).

As novas integrantes da ABEST são: Acolá, Água de Coco, Alór, Angela Motta, Ank Swimwear, Barbara Casasola, Bless Couture, Blue Bird Shoes, Bossa Rio, Caleidoscópio, Confraria, Daniele Mabe, Débora Mangabeira, Dercanvas, Ellis Beachwear, Expor Manequins, Heloisa Faria, Le Petit Joueurs, Loér, Luiza Castelan, Manolita, Marcela B, Novo Louvre, Maria Dolores Design, Melt Swim, Monica di Creddo, MOS Beachwear, Movimento, Nathalia Valencia, Oma Tees, Princess, Remalola, Sinesia Karol, Sta Victoria, Troá e Unak.

QR Code

Pensando em novas tecnologias, a ABEST inicia 2014 o uso do QR Code para substituir todo material gráfico das 93 marcas integrantes, nas feiras que participa no exterior para promover os negócios da moda nacional. A novidade também estará disponível no site do projeto +B Export, criado em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), com a proposta de incentivar as exportações do setor, além da promoção da imagem da moda brasileira e do Brasil.

Os conteúdos disponíveis online e nos eventos, trazem dados sobre o perfil e contatos de cada marca e poderão ser lidos em inglês e mandarim. A escolha das duas línguas para as informações é baseada nos mercados em que associação atua, que iniciou suas ações na China em 2013 e vem ampliando sua presença nessa região efervescente para os negócios. Além disso, Estados Unidos e Europa permanecem como dois importantes polos para as exportações da moda brasileira. No último ano, as iniciativas da entidade contabilizaram cerca de R$ 40,5 milhões em negócios para grifes de diferentes partes do país.

http://www.puretrend.com.br/artigo/roberto-davidowicz-da-uma-e-o-no...

Exibições: 184

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço