Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

Suzano anuncia construção de nova fábrica em MS e investimento de R$ 14 bilhões

Bucólica cidade fica a apenas 100 km de Campo Grande e deve criar uma espécie de 'corredor do eucalipto'
Por Nyelder Rodrigues 

Local onde nova planta da Suzano, no chamado Projeto Cerrado, será erguida até março de 2024 (Foto: Divulgação/Ascom)

Local onde nova planta da Suzano, no chamado Projeto Cerrado, será erguida até março de 2024 (Foto: Divulgação/Ascom)
Uma das principais indústrias do ramo da celulose no mundo, a Suzano anunciou nessa quarta-feira (12) a expansão de suas atividades em Mato Grosso do Sul - onde concentra significativa parte de seus trabalhos na região de Três Lagoas - com a construção de uma nova fábrica em Ribas do Rio Pardo, a apenas 100 km de Campo Grande. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

A unidade deve ter capacidade de produzir 2,3 milhões de toneladas de celulose de eucalipto por ano, sendo previsto que a fábrica deve ser ativada até março de 2024. O investimento na indústria chega a marca de 14,7 bilhões. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

"A nova fábrica representa um importante avanço em nossa estratégia de longo prazo. Este projeto também trará uma relevante contribuição na geração de renda e emprego, bem como na capacidade de captura de carbono advinda da expansão da base florestal", afirma o presidente da Suzano, Walter Schalka.

Batizada de 'projeto Cerrado' pela empresa, o empreendimento vai ampliar em até 20% a atual capacidade de produção de celulose da Suzano, que é de 10,9 milhões de toneladas. A empresa também espera que a fábrica em Ribas do Rio Pardo seja a unidade mais competitiva da empresa - ultrapassando a unidade de Três Lagoas.

A planta de Ribas do Rio Pardo, segundo dados divulgados pela Suzano, terá capacidade para exportar aproximadamente 180 MW médios ao sistema elétrico nacional, já que ela também será uma gerada de energia renovável, podendo ainda ser a primeira do setor no Brasil a ser considerada livre de combustível fóssil.

Governador e sua equipe conversando com executivo da Suzano sobre o investimento em Ribas do Rio Pardo (Foto: Divulgação)


Governador e sua equipe conversando com executivo da Suzano sobre o investimento em Ribas do Rio Pardo (Foto: Divulgação)
Empregos - Durante a construção, o empreendimento deve gerar cerca de 10 mil empregos diretos no pico da obra, além de milhares de empregos indiretos em toda a região, prevê a Suzano. Quando concluída, a nova unidade deve empregar 3 mil pessoas entre colaboradores próprios e terceiros. 

Governador, Reinaldo Azambuja (PSDB) comemora a chegada do novo investimento e frisa que o Estado foi preparado para diversificar sua economia e abrir novas oportunidades para os cidadãos que aqui moram, em várias regiões do Estado.

"Nosso programa de incentivos fiscais tem gerado milhares de empregos e atraído mais indústrias, mantendo o ritmo do crescimento econômico uniforme em todo o Estado. O anúncio da Suzano de construção da fábrica em Ribas do Rio Pardo demonstra que estamos no caminho certo", destaca Reinaldo 

https://www.campograndenews.com.br/economia/suzano-anuncia-construc...

Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

Exibições: 23

Comentar

Você precisa ser um membro de Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII para adicionar comentários!

Entrar em Industria Textil e do Vestuário - Textile Industry - Ano XIII

© 2021   Criado por Textile Industry.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço